Cidade

Mercado Municipal promove rastreio de IST’s

Renato Duarte

Iniciativa insere-se no programa “novembro – mês da Rede Social de Coimbra”. Ação é da responsabilidade do grupo de trabalho da Saúde e conta com colaboração do núcleo operativo da RIAC. Por Patrick Pais e Miguel Santos

Na próxima quinta-feira, dia 24 de novembro, das 10 horas às 13h30, tem lugar a iniciativa de sensibilização e de rastreio para infeções sexualmente transmissíveis “Mais vale saber do que esconder. Teste-se!”. A iniciativa vai decorrer no primeiro piso do Mercado Municipal D. Pedro V. De acordo com a vereadora da Ação Social, Ana Cortez Vaz, este é um lugar onde existe “população mais carenciada” e “população juvenil”, pelo que considera ser o “espaço adequado”.

Esta é uma ação de sensibilização que se insere no programa comemorativo da Rede Social de Coimbra para o mês de novembro. A análise, da responsabilidade do grupo de trabalho da Saúde, conta com a colaboração do núcleo operativo da Rede Institucional das Adições de Coimbra (RIAC), tanto na disponibilização de material como na realização do rastreio. Quando questionada sobre a importância da iniciativa, a vereadora reconheceu que as doenças sexualmente transmissíveis “já tiveram mais atenção da comunicação social do que têm agora, mas continuam a existir”.

O rastreio vai ser realizado numa tenda, de forma a assegurar a privacidade dos participantes, e é aberto a todas as pessoas de forma gratuita, anónima e confidencial. Como declara a entrevistada, a iniciativa inclui também as pessoas que só se queiram informar, dado ser, de igual modo, “ uma ação de sensibilização”.

No mês de novembro, a Rede Social de Coimbra tem organizado várias atividades pelas diversas áreas do setor social. Estas fazem parte de um programa do Conselho Local de Ação Social de Coimbra, que têm como objetivo a dinamização e desenvolvimento social da região.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top