Ensino Superior

Carlos Magalhães compromete-se a “Representar os Estudantes” no CGUC

Sam Martins

Cabeça de lista destaca importância em recuperação da voz dos estudantes. Acessibilidade da UC é linha orientadora do projeto. Por Sam Martins

O Conselho Geral da Universidade de Coimbra (CGUC) tem mais um candidato, Carlos Magalhães, aluno de 3º ano da Licenciatura em Engenharia Civil na Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC (FCTUC). A Lista R – “Representar os Estudantes” procura “recuperar a voz estudantil nos órgãos da instituição”. Para o candidato, é crucial “validar as diferentes realidades para a promoção da estabilidade na UC”.

Carlos Magalhães acredita ser importante “fomentar o desenvolvimento de capacidades diferenciadoras dos estudantes”. Nesse sentido, reforça a necessidade de inovar os métodos de pedagogia na universidade, ao incentivar a facilidade na transição entre ciclos de estudos. O aluno exemplifica que, com o desmantelamento dos mestrados integrados, foram “retiradas creditações”. Salienta, então, que “os estudantes não podem ser prejudicados”.

O candidato considera ser fulcral “combater a propina internacional, que é dez vezes superior à nacional”, um valor “exorbitante que prejudica quem quer estudar na UC”. Para Carlos Magalhães, a instituição deve ser acessível a todos e o custo atual da propina é um entrave “à captação do talento internacional”.

Para o estudante, é necessário reconhecer “o crescimento dos estudantes de forma a representar aquilo que é pertencer à UC”. Nesse sentido, Carlos Magalhães explica que a Lista R pretende resolver “problemas que ainda estão à procura de solução”. O ato eleitoral vai decorrer no dia 13 de dezembro.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top