All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Coimbra City Race percorre locais históricos da cidade

Daniel Oliveira

Prova permite inscrições até dia 18 de setembro. São esperados cerca de 200 participantes. Por Daniel Oliveira

Coimbra vai receber no dia 18 de setembro a Coimbra City Race, evento de orientação em que os participantes vão percorrer a cidade à procura de pontos nas zonas históricas, tais como Almedina, Sé Velha, entre outras. A prova foi apresentada em conferência de imprensa, no dia 8 deste mês, no pavilhão multidesportos Mário Mexia. Estiveram presentes o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Carlos Lopes, a presidente da Associação Desportiva do Mondego (ADM), Susana Reis, e o vice-presidente da ADM, Rui Mora.

De acordo com Susana Reis, a prova vai ter duas etapas. A primeira vai ter início às 10 horas, junto ao pavilhão multidesportos Mário Mexia e com partidas de dois em dois minutos, informou Rui Mora. Explicou que a etapa, pontuável para o circuito Portugal City Race, vai contar com 29 pontos de controlo, que devem ser encontrados e picados pela ordem correta, e vence o atleta que terminar no menor tempo possível.

A segunda etapa vai ter início às 16 horas, no Jardim da Sereia, acrescentou o vice-presidente da ADM. A contar para a Taça de Portugal em orientação pedestre, vai consistir na precisão: os atletas vão ter dez desafios, nos quais terão de escolher a baliza correta, isto com um tempo limite de 40 minutos, esclareceu Rui Mora.

Estão estipulados nove percursos para 17 escalões, dos quais três são abertos a qualquer pessoa interessada em participar, comunicou Susana Reis. A presidente da ADM sublinhou que os percursos vão variar consoante a idade dos inscritos, entre os oito e os 80 anos. Referiu ainda que o evento também vai incluir participantes com mobilidade reduzida e que os percursos, tempo e desafios vão ser os mesmos para esses atletas.

A taxa de inscrição para adultos (idade superior a 20 anos) é de cinco euros, enquanto para participantes com idade inferior a 21 anos é de três euros, frisou Susana Reis. Além de fornecer mapa, bússola, t-shirt e peitoral/dorsal a todos os atletas, a ADM vai oferecer ajuda aos menos experientes, com o auxílio de monitores. A presidente da associação reforçou que “a orientação é um desporto de família, para qualquer idade e componente física”.

A organização do evento espera cerca de 200 inscrições, e entre as já efetuadas incluem-se presenças de atletas oriundos de Espanha e França. Carlos Lopes afirmou que a prova é “uma oportunidade de o Município continuar a aposta que tem feito, nos últimos tempos, no desporto ligado ao ambiente, com características importantes do ponto de vista da atração turística, cultural e social”.

O vereador da CMC também referiu que a Coimbra City Race devia ter sido realizada em março de 2020, o que não foi possível devido à pandemia COVID-19. Segundo Susana Mora, estava previsto que a prova fosse pontuável para o circuito europeu de City Race, algo que não se vai concretizar. Apesar disso, o evento vai ser a décima primeira etapa de 16 do circuito nacional. A presidente da ADM mostrou interesse em voltar a realizar a prova no próximo ano, desta vez com a perspetiva de integrar o circuito europeu.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top