All for Joomla All for Webmasters
Cultura

Noite de agito no palco “alternativo” da Queima das Fitas

Mateus Rosário

Novo dia do palco RUC contou com regresso da banda The Empire Line a Portugal. Banda Cancro levou álbum de estreia ao palco alternativo. Por Mateus Rosário

A segunda noite do palco RUC foi marcada pela presença animada do público. O destaque da noite vai para Christian Stadsgaard, Jonas Ronnberg e Klaus Hansen, membros da banda The Empire Line, que regressam a Portugal após uma atuação em 2019 no Festival Forte, em Montemor-o-Velho. Cancro subiu ao palco, pela 01h15, enquanto Sha Ru atuou pelas 03h45. Ainda atuaram a DJ pertencente da Rádio Universidade de Coimbra, Arrogant Menace por volta das 23 horas e Spinning Jenny pelas 2h30.

Tiago Lopes, José Penacho e Fabio Jevelim, membros da banda Cancro, começaram atuação por volta das 2 horas ao trazer a Coimbra o álbum de estreia do grupo intitulado de “+”. O trio não deixou o público ficar parado face a um punk arrojado.

Para Inês Silva, recém-licenciada em estudos artísticos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) e integrante da tuna Mondeguinas, o palco RUC é “uma excelente alternativa” por abranger público que outros palcos não conseguem alcançar. “É de louvar o esforço da RUC para trazer estes artistas”, conta a estudante.

Para encerrar a segunda noite do palco a banda The Empire Line foi uma das atrações mais esperadas. O palco RUC conta com atuações de Sanchez, Cigarrra, MC Yallah & Debmaster, a encerrar com Dj Saliva, no domingo, 22 de maio.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top