All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Lista R – Rever, Defender e Aproximar na corrida à ARE

Fotografia cedida por Beatriz Bernardo

Beatriz Bernardo considera haver afastamento entre Estatutos da AAC e comunidade académica. Demarcar competências das estruturas da casa e dar voz aos estudantes são objetivos da lista candidata. Por Daniel Oliveira

Rever, Defender e Aproximar é o mote da Lista R, candidata à Assembleia de Revisão dos Estatutos (ARE) da Associação Académica de Coimbra (AAC), cujas eleições vão decorrer no dia 18 de maio. A presidente da lista é Beatriz Bernardo, estudante da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC), que não participa em nenhuma secção da AAC, mas que, segundo a própria, tem “um papel bastante ativo naquilo que são os espaços de discussão da casa, como, por exemplo, as Assembleias Magnas (AM) ou, na FDUC, os plenários”.

Beatriz Bernardo afirma que essa participação foi o que a motivou a apresentar candidatura à ARE, uma vez que a mesma sente que “há um claro distanciamento entre aquilo que são os estatutos e o interesse da comunidade académica em geral”. A aluna da FDUC conta com uma equipa que “tem vontade de trabalhar e consciência da responsabilidade exigida”, e que está disposta a “defender os interesses dos estudantes e aproximá-los aos estatutos”.

A lista R pretende “limar algumas arestas, como a questão da demarcação clara das competências das diferentes estruturas”, refere Beatriz Bernardo. A lista encabeçada pela estudante da FDUC pretende também, de acordo com a mesma, clarificar o processo de exoneração de uma Direção-Geral da AAC, porque, apesar de terem em consideração o que os atuais estatutos preveem, acha importante que “se distingam as razões de força maior” que podem levar a essa situação.

De momento, com a campanha eleitoral iniciada, Beatriz Bernardo explica que a lista candidata à ARE tem atuado “na rua, a falar com o máximo de estudantes possíveis acerca da importância dos estatutos na defesa dos seus direitos”. A aluna da FDUC acrescenta que a sua equipa tem procurado também “incentivar a comunidade académica, através da discussão e ao dar-lhe voz, contactá-la e dizer que os estatutos têm de ser respeitados, mas que todos têm um papel ativo”.

A Lista R tem em mente, quanto às campanhas, uma medida para a “valorização dos processos eleitorais, ao prever um mínimo de dias úteis de campanha”, frisa Beatriz Bernardo. A candidata à ARE considera que o trabalho da sua equipa está a ser “bastante positivo”, uma vez que “quem não sabia que vai haver este processo eleitoral está entusiasmado em participar”, e crê também que “vai haver uma boa adesão [às urnas]”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top