All for Joomla All for Webmasters
Cultura

Branko e Deejay Telio são principais atrações do segundo dia da Queima das Fitas

Beatriz Jales

Concerto de Deejay Telio conta com efeitos especiais e chamas de fogo. DJ Branko considera que QF sempre “deixa saudades”. Por Beatriz Jales

No sábado que assinalou o segundo dia da Queima das Fitas (QF), o palco teve a presença de artistas distintos. A noite abriu com Gerilson Insrael, que marcou o seu regresso oficial da QF, no Parque da Canção. Também Branko e Deejay Telio deram música aos estudantes que se dirigiram ao recinto.

Enquanto primeiro cantor a subir ao palco, às 0h15, Gerilson Insrael, de origem angolana, começou com sucessos que animaram a plateia. O tema “Quarentena”, reflete sobre perceções do artista em relação às mudanças que os relacionamentos experienciaram durante o período de confinamento. Logo em seguida, o cantor convocou o público feminino a fazer barulho, para assim homenagear as “super mulheres”, com a canção que detém o mesmo nome.

A respeito da organização do evento, Mariana Bento, estudante da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da UC (FPCEUC), comentou que, apesar de ser a sua primeira vez na QF, achou que este foi “muito bem organizado e todos puderam divertir-se”. Mesmo assim, a aluna da FPCEUC comentou que as filas “estavam um pouco complicadas”, sentimento partilhado pelos colegas que a acompanhavam.

Por sua vez,  Branko, DJ de profissão, fez o público vibrar ao som de músicas como “Movimento”, para reforçar que “o movimento da vida são beats”. Também exibiu a sua música com a cantora brasileira Mallu Magalhães, “Sempre”, que cantou “junto” à cantora, que teve a sua voz e imagem apresentadas na tela.

Em conferência de imprensa, o DJ Branko, assumiu que a Queima das Fitas sempre “deixa saudades”. Revelou também que estar de volta aos palcos da maior festa académica do país é “super-especial”. Sobre o público, o artista português considera que este é “carinhoso e intenso” e que se sente “feliz e grato” por participar.

Por último, sucedeu-se a atuação o Deejay Telio, muito esperado pelo público. O espetáculo contou com uma demonstração de luzes, efeitos com fumaça e confettis .A certa altura, o palco até se incendiou ao som da música. Depois, o artista chamou todas as “tímidas” a fazer barulho para um de seus grandes sucessos, “Timidez”.

Quanto à qualidade do som, Sofia Amaral, estudante que estava no recinto, considera esta “melhor que em festas anteriores”. Ainda a respeito do concerto do Deejay Telio, a estudante ressaltou o quanto gostou dos efeitos especiais.


Para além destes artistas principais, o Palco Principal contou também com a participação de duas tunas académicas de Coimbra, a Estudantina Universitária de Coimbra e a  Mondeguinas. Amanhã, dia 22, o recinto do Parque Verde conta com Quim Barreiros, um dos grandes cantores de música pimba,  além de Montain Valley e Némanus. Para as tunas, vão marcar presença a Quantunna e a Fan-Farra Académica de Coimbra.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top