All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Jogo disputado não chegou para Académica respirar de alívio

Diogo Machado

Académica volta a não somar pontos num jogo muito disputado. Adeptos prestaram apoio à Ucrânia fora das quatro linhas. Texto por Clara Neto e Cristiana Reis e fotografias por Diogo Machado

A Académica de Coimbra somou a terceira derrota consecutiva na Liga Portugal SABSEG e mantém-se no último lugar da tabela. No jogo desta segunda-feira, a contar para a 24ª jornada do campeonato e onde ambas as equipas necessitavam dos três pontos, os estudantes receberam em casa o Académico de Viseu. Os beirões saíram vitoriosos ao minuto 83, depois de darem a volta ao empate. Este jogo marcou o regresso de Zé Castro e Fábio Vianna ao onze titular.

Após o apito inicial, a equipa da casa começou a pressionar alto e viu o seu golo ser anulado por fora de jogo logo ao minuto 4. A Briosa mostrou-se com maior controlo de bola nos primeiros minutos. Deu-se depois ao oitavo minuto de jogo um momento de pressão da Académica com duas oportunidades de remate, mas sem sucesso. Os estudantes continuavam a tentar inaugurar o marcador com um contra-ataque rápido que acabou num corte dentro da área.

Ainda durante a primeira parte, a equipa adversária tentou reagir às investidas da Académica e foi a primeira a colocar a bola nas redes da baliza. Ao minuto 33, após um momento de confusão no meio-campo, ocorreu um cruzamento por parte do Académico. Com grande controlo de peito e remate à baliza, este ataque falhou.  No entanto, no ressalto, Daniel Nußbaumer fez o golo.  

Sempre com um forte apoio por parte da Mancha Negra, ao minuto 37 a equipa da casa contra-atacou com um perigoso cruzamento, mas a bola foi cortada para fora. Ao minuto 43, Paul Ayongo remata com perigo à baliza da Académica mas a bola sai ao lado do alvo.

A segunda parte inicia-se com a saída do jogador Fábio Viana, para dar entrada a David Sualehe. Os estudantes retomam a posse de bola e num momento de ataque João Carlos tenta o remate, que acaba por ser bloqueado. Contudo, é o mesmo jogador que consegue o empate, ao minuto 73, e desperta a esperança nas bancadas do Estádio Cidade de Coimbra. Quase em desmarcação para a linha lateral, dá-se o cruzamento para o coração da área e João Carlos remata ao ângulo direito.

Após o golo do empate, os estudantes demonstraram muito maior controlo do jogo. No entanto, na sequência de um canto, caiu um balde de água fria sobre a equipa da casa, com o golo do Académico de Viseu. Ao minuto 83, Vítor Bruno assiste Ricardo Machado, que finaliza para o fundo da baliza.

Nos últimos minutos da partida, os estudantes sentem dificuldade em recuperar a posse de bola, mas não desistiam de tentar arrecadar os três pontos. Já nos seis minutos de compensação, o Académico de Viseu defendeu todas as tentativas de ataque do adversário. A partida terminou assim com o registo de 2-1 no marcador. No jogo, a solidariedade para com a situação na Ucrânia foi visível fora das quatro linhas. Ergueram-se cartazes de apoio ao país da Europa de Leste e realizou-se uma campanha de angariação de bens num ponto de recolha na loja do clube, junto ao estádio.

Em declarações aos jornalistas presentes na conferência de imprensa, o treinador do Académico de Viseu, Pedro Ribeiro, afirmou que esta foi uma vitória “saborosa”, ao considerar que “a Académica está a jogar finais”. Realçou, ainda, que “prevaleceu um enorme caráter” por parte da equipa, felicitando todos os jogadores.

Pedro Duarte, treinador da Académica, reconhece que a equipa se encontra numa posição cada vez mais delicada, no último lugar da classificação. “As derrotas são todas difíceis de digerir, esta principalmente, pela necessidade de ganhar”, admite. O técnico, apesar de tudo, continua confiante para avançar neste desafio e explica que tenta “sempre perceber o que falhou no jogo”, de forma a preparar o próximo da melhor forma.

O próximo jogo da Académica é frente ao Porto B, no dia 6 de março, no Estádio Luís Filipe Menezes.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top