All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Golo ao cair do pano mantém Académica no final da tabela

Ana Filipa Paz

Estudantes voltam a perder no seu terreno. Treinador lamenta “falta de sorte que jogadores não mereciam” com golo sofrido no primeiro minuto da compensação. Texto e fotografias por Jorge Miranda e Ana Filipa Paz

Académica voltou a ser derrotada em casa, este sábado, desta vez pelo Feirense.  A equipa classificada em quarto lugar na tabela da Liga Portugal SABSEG concretizou a vitória a três minutos do final da partida, o que deixou os adeptos no Estádio Cidade de Coimbra desanimados. O jogo ficou marcado pela expulsão de Fatai aos 41 minutos, após acumulação de amarelos.  

O clube de Santa Maria da Feira começou, desde o início da partida, às 14 horas, a pressionar no meio campo adversário e a ter mais posse de bola. João Carlos, da Académica, logo a abrir o jogo faz um remate perigoso à baliza do Feirense, mas a bola é desviada pela linha de fundo. Os estudantes conseguiam controlar as situações de perigo adversárias e tentavam criar possíveis jogadas vitoriosas, com destaque para a assistência de Costinha para Fatai aos 17 minutos, que procura o golo, mas sem sucesso.

Foi aos 33 minutos que João Carlos marcou o primeiro e único golo da Académica, através de grande penalidade. Fatai é expulso do jogo por protestos aos 41 minutos, momento que viria a ser decisivo no resultado. O jogo recua em direção à baliza da Académica, o que leva o conjunto da casa a focar-se no seu processo defensivo. A estrear a camisola número 46, Jorge Fellipe ainda faz dois cortes seguidos numa tentativa de segurar a vantagem da sua equipa.

A Briosa começa a perder força com menos um jogador e acaba por permitir a entrada dos adversários na sua área, o que levou ao empate. João Paulo marca um grande golo pelo Feirense, muito perto do apito para o intervalo, aos 43 minutos.

Depois do intervalo, a Académica assume uma posição mais defensiva, ao se sentir em desvantagem com menos um jogador e desgastada fisicamente. O jogo manteve-se com a equipa visitante a conseguir criar mais oportunidades de golo, com destaque para o remate de Jardel aos 53 minutos.

O conjunto nortenho mantinham-se na corrida ao golo vitorioso ao pressionar cada vez mais a Académica, sem ter uma resposta significativa no contra-ataque por parte dos estudantes. Já a chegar aos 90 minutos, os fogaceiros criam duas grandes chances de golo defendidas por Stojkovic, que atrasa o golo dos visitantes. Jorge Teixeira, que tinha entrado em jogo vinte minutos antes, dá a vitória ao clube de Santa Maria da Feira aos 91 minutos, após um corte de Justiniano em que a bola ressalta para os pés do avançado brasileiro.

Em declarações aos jornalistas presentes na conferência de imprensa, o treinador do Feirense, Rui Ferreira, reconhece que “os jogos com equipas em posições mais baixas podem ser os mais perigosos”. Admitiu também que clube teve “falta de lucidez” na forma como encarou a disputa.

Pedro Duarte, treinador da Briosa, explica a substituição de João Carlos e Costinha pelo facto de estarem cansados de jogos anteriores e “não conseguirem ajudar o ataque”. Justifica, ainda, a derrota pelo facto de contarem com menos um elemento da equipa e pela “falta de sorte que os jogadores não mereciam”, não deixando de sublinhar o “comportamento fantástico” dos capas negras.

Com o resultado deste jogo a equipa de Santa Maria da Feira subiu ao segundo posto da tabela, enquanto os estudantes permanecem, à condição, na 17ª posição da Segunda Liga. O próximo jogo da Académica disputa-se no sábado, dia 19 de fevereiro, contra a equipa do Vilafranquense, em Rio Maior.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top