All for Joomla All for Webmasters
Cultura

ESEC transforma Tróia em Cabaret no Teatrão

Fotografia cedida por Beatriz Teixeira

OMT cumpre “função essencial de orientar os estudantes”. Peça de teatro é inspirada em clássicos gregos. Por Tomás Barros e Marília Lemos

Esta quinta dia 10 de fevereiro, estreou no Teatrão a peça Cabaret de Tróia, organizada pelo curso de Teatro e Educação da Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC). O espetáculo vai estar em exibição até dia 19 do mesmo mês. Cabaret Tróia é inspirada nas Troianas de Eurípedes, e pretende trazer as problemáticas do clássico grego para o contexto atual, ao abordar temas como desigualdade de género e precariedade laboral.

O espetáculo surgiu a partir da disciplina de Projeto de Intervenção lecionada pelo professor Pedro Lamas, explica Beatriz Teixeira, estudante do terceiro ano de Teatro e Educação da ESEC e atriz na peça. Para a estudante, “um dos principais temas foi a questão do espaço vital e a falta deste, que corresponde às necessidades básicas de toda a gente”, indica. Para além de As Troianas, a peça tira inspiração de outras obras de Eurípedes, como Hipólito e Hécuba.

A parceria da ESEC com o Teatrão já existia e continua este ano desta feita com Cabaret de Tróia. Segundo Beatriz Teixeira, a Oficina Municipal de Teatro (OMT) “tem uma função essencial de ensinar e orientar” os estudantes. Refere ainda que esta parceria possibilita-os “experienciar tudo que existe por detrás de um espetáculo”.

A estudante revela que “o processo para elaborar o espetáculo começou no passado ano letivo” mas confessa que “o trabalho foi influenciado de forma negativa pela pandemia”. Admite também que “foi um processo difícil, pois o grupo estava acostumado a trabalhar sempre junto, mas apenas dois dias antes da estreia que foi possível fazer um ensaio com o elenco completo”.  Apesar das dificuldades, Beatriz Teixeira alegra-se com o facto de poder estrear a peça com todos presentes, e considera esta “uma grande vitória”.

A direção do espetáculo compete ao professor responsável pela cadeira, Pedro Lamas, enquanto a restante colaboração fica ao encargo de estudantes e pessoal técnico da OMT. As portas do Teatrão vão estar abertas até 19 de fevereiro todos os dias da semana, em horários variáveis. De segunda a quarta às 19h, quinta a sábado às 21h30 e domingo às 17h.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top