All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Atleta da SDN/AAC compete em Campeonato Mundial de Remo ‘Indoor’

Fotografia cedida pela SDN/AAC

Evento internacional reúne desportistas de forma remota. Falta de visibilidade do desporto é apontada como principal bloqueio ao surgimento de mais atletas. Por Raquel Lucas

Decorre este sábado, junto ao Posto Náutico da Secção de Desportos Náuticos da Associação Académica de Coimbra (SDN/AAC), o Campeonato Mundial de Remo ‘Indoor’. A prova, planeada para decorrer em Hamburgo, na Alemanha, vai ser realizada de forma remota devido à pandemia e vai contar com a presença de Ricardo Paula, engenheiro civil e atleta da SDN/AAC.

Os vários remadores irão competir em simultâneo e, através de um equipamento denominado remo-ergómetro, o desempenho físico de cada um vai ser transformado em valores reais para a competição. Em entrevista ao jornal A CABRA, o desportista confessa que “o fator mais importante a ser contabilizado, assim como o que mais gera concorrência entre desportistas, é o tempo”.

Ricardo Paula afirma-se confiante e focado na vitória. Quando questionado sobre a dificuldade em conciliar a sua atividade profissional com o desporto, o atleta respondeu ser “fácil” por “ser um apaixonado pelo remo e passar o dia a pensar nos treinos”. Acredita ainda ter ganho competências no seu emprego que o ajudaram na modalidade, como a “resiliência e a concentração em momentos mais difíceis”.

“Posso não vencer a competição, mas já me sinto realizado se conseguir chamar a atenção e trazer novos associados à SDN/AAC”.

O objetivo é obter visibilidade para aquele que, a seu ver, é um desporto pouco valorizado numa cidade que ‘’tem as melhores condições para a prática do remo”. Acrescenta ainda que, em Coimbra, “mesmo à noite, o rio é o local mais seguro para se estar”.

Segundo Miguel Alfaiate, treinador na SDN/AAC, há que “incluir o remo enquanto desporto nas escolas”. Acredita ainda que o foco deve estar no combate à falta de iniciativa que, neste momento, “é a maior entrave ao aparecimento de mais atletas. Tem de ser a academia a virar-se para as modalidades e a fomentar a prática do desporto”, declara. Defende que “só assim se cria visibilidade”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top