All for Joomla All for Webmasters
Ciência & Tecnologia

Estudo investiga impacto emocional da pandemia nos profissionais de saúde

Maria Fernandes

Pesquisa tem como alvo profissionais de saúde. Coordenadora do grupo de investigação espera participação positiva. Por Gabriela Moore e Daniel Oliveira

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC) está a colaborar com a Compassionate Mind Foundation num estudo internacional. De acordo com nota de imprensa publicada pela UC, a pesquisa pretende compreender o impacto emocional das experiências vividas pelos profissionais de saúde que estiveram, ou estão, a trabalhar com doentes de COVID-19.

Marcela Matos, docente na FPCEUC e coordenadora da equipa de investigação do Centro de Investigação em Neuropsicologia e Intervenção Cognitivo-Comportamental (CINEICC), acrescenta que, “a par da compreensão aprofundada das experiências emocionais dos profissionais de saúde, este estudo pretende compreender possíveis fatores que podem promover a sua resiliência neste contexto”. A investigação vai ser realizada através da participação voluntária num inquérito destinado aos profissionais da área da saúde, em particular dos serviços de medicina interna, medicina intensiva, serviços de urgência e serviços de pneumologia dos centros hospitalares de todo o país.

A docente na FPCEUC considera que é fundamental a colaboração com a Compassionate Mind Foundation, instituição sem fins lucrativos que trabalha no âmbito da psicoterapia. “O CINEICC tem vindo nos últimos anos a dedicar-se ao estudo, desenvolvimento e implementação de intervenções psicológicas de promoção da saúde mental, e muitos destes estudos têm sido feitos em colaboração com a Compassionate Mind Foundation”, explica.

Marcela Matos acredita que estas pesquisas “podem ser muito relevantes, não só para ajudar os serviços nacionais de saúde a lidar com as dificuldades experienciadas no dia a dia, mas também com as consequências e o impacto desta pandemia na sua saúde mental”. Podem ainda ser significativas para “promover o seu bem-estar, a sua resiliência e as suas capacidades para lidar com esta situação sem precedentes, que é a pandemia da COVID-19”, acrescenta.

A coordenadora da equipa de investigação do CINEICC espera que a participação na pesquisa seja significativa. “Já houve uma divulgação deste estudo junto das direções clínicas de todos os centros hospitalares a nível nacional”, afirma. Marcela Matos salienta ainda a importância de todos os profissionais de saúde participarem, “para que a pesquisa possa ser executada e para que os seus resultados tenham um impacto favorável ao desenvolvimento de políticas de promoção da saúde e do bem-estar destes profissionais”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top