All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Cesário Silva candidata-se à presidência da DG/AAC com espírito de “mudança e melhoria”

D.R.

Candidato sublinha existência de problemas como saúde mental e alojamento na cidade. Estudante sublinha ainda importância dos valores da AAC. Por Francisco Barata e Simão Moura

Cesário Silva apresentou esta segunda-feira, dia 18 de outubro, a sua candidatura à presidência da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra (DG/AAC). Na sua publicação nas redes sociais, o estudante da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) expressa o desejo de “ouvir, servir e intervir” na AAC e na comunidade estudantil.

O candidato refere a AAC como um “projeto interminável”, que tem que se adaptar às necessidades dos estudantes que a integram e defender os seus interesses, e lembra a contribuição que prestou, com o seu trabalho e a sua “inquestionável dedicação à Casa Mãe”. Cesário Silva frisa ainda que é preciso adotar um espírito de “mudança e melhoria”, e chama à atenção para os preços de alojamento em Coimbra e o estado da saúde mental dos estudantes, que devem ser tratados com uma “política de proximidade”.

Alguns aspetos que o estudante da FCTUC promete fomentar são o diálogo com os estudantes e também aumentar a representatividade da academia fora do polo I. Nesse sentido, o candidato considera que a Académica deve ser “sempre reinvidicativa e defender a vontade dos estudantes” nas diferentes áreas de intervenção.

Por fim, Cesário Silva explica que o maior valor da AAC é o coletivo de estudantes que, ao contribuírem com a sua individualidade, fazem desta a casa de “todos nós, a nossa Académica de Valores”. O candidato vai, assim, procurar trazer uma “lufada de ar fresco” na academia num projeto que representa a vontade de “várias pessoas” numa mudança na liderança da AAC.

Artigo atualizado às 23h30.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top