All for Joomla All for Webmasters
Cultura

40 concertos, 10 horas, 1 dia

Arquivo

Dez horas ininterruptas de concertos marcadas para o Dia Mundial da Música. Músicos vão ser revelados no momento da atuação. Por Tomás Barros

Marcado para dia 1 de outubro, o Grémio Operário de Coimbra vai receber 40 artistas entre as 11 e as 21 horas para uma série de concertos. Iniciativa promete juntar músicos e plateia frente-a-frente para performances curtas, mas “intensas”, como descreve Pedro Seixas, organizador do evento.

A ideia, segundo Pedro Seixas, não é inédita, mas com o surgimento do espaço Grémio Operário de Coimbra, foi o “momento perfeito para colocá-la em prática”. Para além da conveniência do espaço, juntou-se o Dia Mundial da Música, data em que, segundo o organizador, se deve “celebrar a música e os músicos”.

Para Pedro Seixas “não existe nada melhor do que convidar o maior número de músicos possível para realizar concertos”, naquele que é o Dia da Música. Os músicos, esses apenas vão ser revelados no momento da performance, para surpresa do público. Todo o “conceito do evento é que o espetador só conheça os músicos que se vão apresentar e os instrumentos que vão tocar no momento que entrarem”, explica o coordenador do evento.

Embora não possa divulgar os artistas, Pedro Seixas adianta que vão estar exibição vários estilos musicais. Muitos e diferentes instrumentos também vão preencher as 10 horas seguidas de música à disposição de todos como harpas, vibrafones e até ‘gadulkas’, instrumento tradicional búlgaro.

A entrada para este evento é gratuita, mas sujeita a marcação via email do Grémio Operário de Coimbra.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top