All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Vitória da Académica sobre Benfica B permite sonhar com a subida

Julia Floriano

Três pontos conquistados possibilitam aos estudantes manter viva esperança na promoção à Liga NOS. Treinador da Briosa considera que equipa se encontra “com vontade de lutar”. Texto por Inês Rua e fotografias por Julia Floriano

Nesta tarde de domingo, a Académica defrontou o Benfica B, no Estádio Cidade de Coimbra, na 33.ª jornada da Segunda Liga. Com o resultado de 1-0 deste confronto e menos um jogo do que os restantes adversários, a Briosa totaliza, neste momento, 58 pontos na tabela classificativa, em igualdade com o Feirense, que perdeu hoje, por 4-2, com o Porto B. Ricardo Dias, por castigo, e Fabinho, por lesão, foram as duas alterações em comparação com o último jogo, com Diogo Pereira e Guima a assumirem os seus lugares. 

Com o apito inicial soado às 16h30, a primeira parte ficou marcada por um duelo equilibrado entre as duas equipas, com quatro tentativas de golo dos estudantes e três das jovens águias. Destaca-se, ao minuto 29, o cabeceamento de Rafael Vieira, antecedido pelo cruzamento de Traquina, mas a bola foi às malhas laterais. A equipa da casa perdeu também oportunidade de golo ao minuto 44, quando Traquina, isolado após passe de Mimito, perde a bola, dentro da área encarnada, a driblar um adversário. 

No início da segunda parte, ambas as equipas mantiveram a postura equiparada do tempo anterior, com apenas algumas ocasiões de conquistarem a vantagem numérica. Mayambela não tirou proveito do facto de se encontrar sozinho para inaugurar o marcador, com um remate fraco a sair ao lado da baliza de Svilar, ao minuto 54. A resposta da equipa adversária veio três minutos depois com Filipe Cruz a embater no poste da baliza de Mika. 

Mas foi ao minuto 62 que ecoaram no estádio conimbricense os festejos pelo golo da Académica. Na marca dos 11 metros, Bruno Teles finalizou em golo a grande penalidade assinalada pela falta de Kalaica sobre Bouldini, dois minutos antes. O final do segundo tempo não se manifestou fácil para os capas negras, com insistência dos encarnados em empatar o jogo. Contudo, a Académica conseguiu apurar a vitória que precisava para se manter na luta pela subida para a Liga NOS.

O treinador do Benfica B, Nelson Veríssimo, considera não ter havido grandes oportunidades para nenhuma equipa e lamenta a derrota da sua equipa fruto de um penálti. “Estamos frustrados com o resultado final, mas satisfeitos com os jogadores, pois houve muitos momentos em que conseguimos encostar a Académica no seu último terço defensivo”, declara.

Já o técnico da Académica, Rui Borges, justifica as oportunidades de golo perdidas pelos estudantes com a pressão do momento, uma vez que “os jogadores sentem essa pressão e sabem que não há margem para erro”. Com a vitória conseguida neste duelo, o treinador indica que “é possível chegar à última jornada a sonhar e a equipa está com vontade de lutar ainda” por esse sonho.

Neste momento, as águias mantêm-se com 41 pontos enquanto os capas negras, em quinto lugar, estão a cinco pontos do Vizela e a quatro do Arouca. Ainda com hipótese de conseguir o segundo ou o terceiro lugares da Liga Sabseg, a Académica tem encontro marcado, em casa, com o Vilafranquense, numa repetição do jogo da 26.ª jornada, no próximo dia 19 de maio, às 18 horas. 

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top