Cultura

Eventos suspensos pela pandemia voltam ao Salão Brazil

Pedro Dinis Silva

Retoma das atividades conta com iniciativa solidária para apoiar profissionais da cultura. Programação de maio prevê eventos culturais e apresentação de discos musicais. Por Jéssica Oliveira.

Com a retoma das atividades culturais, o Salão Brazil deu início aos espetáculos dia 23 de abril. Apesar da interrupção dada pela pandemia, o presidente da direção do Jazz ao Centro Clube,  José Miguel Pereira, declara que continuaram a exercer algumas atividades na sala. “Sempre que possível, apoiámos processos de criação e outras atividades que não envolviam público na sala”, expõe.

Quanto aos eventos que ficaram suspensos pelo confinamento, o dirigenteexplica que “estão a ser reagendados na atual programação”. Para o presidente, os espectadores já sentem segurança e tranquilidade em voltar aos espetáculos. Ainda assim, não esconde o receio que sente em pensar que o confinamento possa ter provocado “algumas mudanças nos hábitos culturais das pessoas.”

No que diz respeito à compensação do prejuízo causado pelo confinamento, José Miguel Pereira diz estar a ser um processo “complicado”.“ O tipo de espetáculos que fazemos não é suficiente para garantir condições mínimas aos músicos que recebemos”, confessa o presidente. Neste momento, a lotação está reduzida a 35 pessoas e o preço médio de bilhete ronda entre cinco a sete euros, “o que não dá lucro nenhum”, admite.

José Miguel Pereira afirma que o regresso à sala de espetáculo mantém as medidas impostas pela DGS. “Continuamos a ter a plateia com sítios marcados e existe um lugar vago entre cada espectador”, acrescenta. Depois, “é lida a temperatura corporal dos espectadores e a entrada é feita através de um circuito muito determinado”, explica o dirigente.

No Salão Brazil estão a decorrer formações semanais todas as sextas-feiras, e está a realizar-se uma iniciativa solidária em conjunto com a Blue House, uma produtora de Coimbra. José Miguel Pereira conta que o projeto se intitula de “Salão Azul” e tem como parceiros a União Audiovisual e a Music Light. Ao longo das próximas semanas vão ser apresentados novos projeto musical, onde os espectadores “são convidados a doar bens alimentares”. A entrada é gratuita e o objetivo é “apoiar uma série de profissionais da Cultura que estão a passar uma fase difícil”.

Ao longo do presente mês, o Salão Brazil conta com vários eventos e apresentações de discos de diferentes músicos. Decorre hoje, às 21 horas, a atuação do artista da área eletrónica, Vítor Joaquim, acompanhado de João Silva, músico trompista. Amanhã, dia 8, realiza-se “O círculo da voz”, um workshop orientado pelo músico Manuel Linhares.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top