All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Laboratório da UC em parceria com o INSA

Arquivo

Cooperação tem como objetivo principal a “investigação, formação avançada e a realização de ensaios laboratoriais”. Cerimónia de assinatura contou com ilustres nomes do governo da área da saúde. Por Jéssica Terceiro e Jéssica Oliveira.

Celebrou-se esta sexta-feira, pelas 15h30, um protocolo de parceria com a Universidade de Coimbra (UC) e o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA). O acordo, que decorreu na Sala do Senado da Reitoria da UC, oficializa a integração e o desenvolvimento do Laboratório de Análises Clínicas da UC como Laboratório Parceiro do INSA. O evento contou com a presença do reitor da UC, Amílcar Falcão, e do presidente do Conselho Diretivo do INSA, Fernando de Almeida. Nesta celebração participou também o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, e o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Alberto Sobrinho Teixeira.

Trata-se de um protocolo de parceria de cinco anos na área da sequenciação genómica decorrente da emergência das variantes SARS-CoV-2, que estão associadas a uma maior transmissibilidade de infeção. Fernando de Almeida reconhece que “a parceria conta como objeto principal a investigação, a formação avançada e a realização de ensaios laboratoriais”. Admite ainda que “sendo este o objetivo, ambos os laboratórios acordaram em integrar e desenvolver atividades diárias de saúde global”.

No que toca à testagem à Covid-19, António Lacerda Sales declara que, nos dias de hoje, existe uma panóplia de testes muito diferente do que havia no início da pandemia. “Realiza-se agora, em média, 38 mil testes por dia com uma taxa de positividade inferior a 2%, sendo que a academia é responsável por cerca de 10% desses mesmos”. O secretário de Estado Adjunto e da Saúde informa ainda que “há que adequar a estratégia nacional de testagem à atual situação epidemiológica e ao processo de desconfinamento que temos em curso”.

Segundo o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, com a assinatura do protocolo pretende-se que “a colaboração entre a Ciência, o conhecimento que existe na área do Ensino Superior e na área da Saúde, tenha projeção no futuro”. João Alberto Teixeira apela ainda à maior aposta na Ciência e no conhecimento, e enaltece o contributo de ambos na evolução da humanidade. Acredita que “se não tivéssemos a Ciência e o conhecimento que temos, não era possível um combate tão célere à pandemia”.

O reitor da UC assume que houve um crescimento sustentável  de projetos a nível da Saúde e de internacionalização dos mesmos. Com o protocolo, promete “procurar soluções para melhorar a qualidade de vida através de uma melhor monitorização da saúde dos cidadãos”. Amílcar Falcão mostra-se “orgulhoso” pela assinatura do protocolo , e considera que “ter o apoio do INSA  é imprescindível na área de laboratório de análises clínicas”. Confessa que o dia de hoje é, para a UC, “um momento muito feliz”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top