All for Joomla All for Webmasters
Cultura

“Abril Dança” até 2022 em Coimbra

Fotografia gentilmente cedida pelo TAGV

Ao contrário dos anos anteriores, o festival não acontece só durante o mês de abril. Até 2022, o público pode contar com espetáculos de artistas portugueses e internacionais, de forma presencial ou ‘online’. Por Ana Rita Baptista

Arranca a 19 de abril mais uma edição do “Abril Dança em Coimbra”, festival organizado pelo Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) e pelo Convento São Francisco. Com o facto de a edição do ano passado ter sido cancelada devido à pandemia, a edição deste ano vai se estender para lá do mês de abril, até 2022.

Do evento vão constar, para além de atuações e espetáculos de dança, sessões de cinema e oficinas. Esta “edição singular” do festival que dá palco à dança contemporânea vai acontecer de forma mista, isto é, com eventos em formato ‘online’ e presencial. Para assistir aos eventos, inclusive os ‘online’, é necessário a compra de bilhete, que pode ser feita através das bilheteiras do TAGV e do Convento São Francisco.

A sessão de cinema com o título “Os Filhos de Isadora” vai ser o primeiro dos eventos agendados, e vai decorrer de forma presencial, no dia 19 de abril, no TAGV. Para além deste, estão confirmados os filmes “Polina” de Valerie Müller e Angelin Preljocaj, também presencialmente no TAGV. Já o filme “O Gesto” vai poder ser visto em casa e conta com uma componente diferente, pois é apresentado a escolas de dança de Coimbra.

“Bate Fado” é um espetáculo de Jonas&Lander, com transmissão ‘online’, que une o fado à dança. A apresentação está agendada para os dias 27 e 28 de abril, mas espera-se que em outubro possa ser apresentado, de novo, presencialmente. No Dia Mundial da Dança, 29 de abril, o público vai poder contar com um espetáculo presencial, no Convento São Francisco, da Europa Danse Company, intitulado “Infiniment”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top