All for Joomla All for Webmasters
Cultura

Os conimbricenses “aBAND’onados”

Fotografia gentilmente cedida por Ricardo Serra

Nome da banda simboliza abandono sentido pelo setor cultural. Integrantes com percursos ligados à música juntaram-se durante primeiro confinamento. Por Andreia Júlio

“aBAND’onados” é um projeto musical formado durante o período de quarentena. Os quatro elementos integrantes: Ricardo Serra, Pedro Serra, Pedro Amado e Ricardo Basílio, são provenientes de Ceira. Lançaram desde o ano passado os ‘singles’ “Ao Metro” e “Este País” e usam o talento para “denunciar injustiças”, segundo o vocalista da banda, Ricardo Serra.

O nome surge do abandono que o mundo das artes e da cultura sente neste momento, clarifica Ricardo Serra. “É uma homenagem a todos os músicos, técnicos e toda a gente desta área que se encontra sem trabalho”, acrescenta.

Os músicos assumem a “voz do povo” com o single “Ao Metro” ao exporem a situação da construção do metro do Mondego. A banda conimbricense está familiarizada com o problema e tem a “intenção de falar pelas pessoas que estão indignadas com a situação há mais de 10 anos”.

O último tema publicado, “Este País”, aborda de forma crítica a situação atual política de Portugal. Ao cantar “Este país à beira mar, não tarda vai afundar” ilustra que existe um “povo insatisfeito com as políticas deste e outros governos”.

Apesar da situação pandémica vivida, Ricardo refere que durante o processo de formação da banda, não encontraram grandes dificuldades. Devido à pausa dos projetos individuais de cada elemento da banda, todos “acabaram por se aplicar mais”.

O vocalista reconhece estar satisfeito com os ‘singles’ já publicados, sendo que a banda produz, edita e mistura a própria música. Sublinha que, apesar de a “música ser apenas um ‘hobby’”, têm recebido um bom ‘feedback’.’

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top