All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Estudantes de doutoramento exigem soluções em carta aberta

Cátia Beato

Prazo de entrega de teses de doutoramento e pagamento de bolsas são principais problemas apontados na carta. Representantes do 3º ciclo esperam resposta do ministro. Por Joana Carvalho e Cátia Gonçalves

O Movimento Nacional de Estudantes de Doutoramento enviou, na passada segunda-feira, uma carta aberta ao ministro da Ciência e Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor. No documento, vários representantes de estudantes de doutoramento dão a conhecer as dificuldades que se têm agravado no último ano devido à situação pandémica. Os doutorandos ainda aguardam uma resposta oficial do ministro.

O representante dos estudantes de doutoramento no Conselho Geral da Universidade de Coimbra, Luís Coimbra, assinala o prazo de entrega das teses e o pagamento de bolsas como os principais problemas a resolver. Além disso, aponta a falta de acesso aos recursos necessários para as investigações e a saúde mental deteriorada deste grupo.

Segundo Luís Coimbra, já foram apresentadas algumas medidas, como o “prolongamento de bolsas por dois meses para aqueles que terminaram a bolsa anterior ao primeiro trimestre de 2021”. No entanto, o representante considera que estas ações se revelam insuficientes por deixarem de fora “todos os outros estudantes cujas bolsas ainda estão a decorrer e foram aceites”.

Uma das principais reivindicações presentes na carta passa pela extensão de pagamentos de bolsas da Fundação para a Ciência e Tecnologia, de forma a cobrir todos os estudantes de doutoramento. Luís Coimbra refere também que é necessário prolongar o prazo de entrega de teses, devido aos constrangimentos causados pela pandemia.

De acordo com o representante, a meta principal é a divulgação do documento de forma a chegar ao maior número de estudantes de 3º ciclo possível. A carta foi ainda transmitida aos grupos parlamentares, bem como ao Presidente da República. O reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão, também teve conhecimento e mostrou “solidariedade para com os estudantes de doutoramento”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top