All for Joomla All for Webmasters
Ciência & Tecnologia

Empresa da UC cria o primeiro laboratório português que testa ventiladores para a COVID-19

Laboratório pioneiro na Península Ibérica preparado em “tempo recorde”. Diretor do projeto destaca a capacidade de adaptação da comunidade científica às adversidades. Por Ana Rita Baptista e Marília Lemos. 

VentiLab 4 COVID-19 é o primeiro laboratório ibérico especializado no teste e certificação de dispositivos médicos respiratórios. O projeto pertence à ICNAS-Produção, empresa da Universidade de Coimbra (UC), associada ao Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde. A instalação foi feita em dois meses e concluída no final de dezembro de 2020.

O projeto surge da necessidade de testar os ventiladores que estão a ser produzidos em Portugal para a COVID-19. Os testes feitos são os indicados pelo INFARMED, que é a autoridade competente para a certificação destes dispositivos e seguem as normas internacionais (ISO). Esta iniciativa foi financiada pelo COMPETE 2020, através do Sistema de Incentivos I&D Empresas e Infraestruturas de Ensaio e Otimização (COVID-19).

Para o diretor da ICNAS-Produção, Antero Abrunhosa, a maior dificuldade no processo de instalação foi “encontrar os equipamentos necessários disponíveis e conseguir fazê-los chegar a tempo”. O diretor refere que se depararam com “atrasos na entrega de encomendas e instalação” devido à pandemia. 

O laboratório conta com a participação de profissionais das áreas de Farmácia, Química, Bioquímica e Engenharia. Para efetuar os testes, “são utilizados diversos equipamentos, dos quais o principal é um cromatógrafo gasoso com espectrometria de massa”, explica Antero Abrunhosa. “Este equipamento está integrado com outros equipamentos de teste e com o laboratório para microbiologia, o que permite fazer os testes aplicados aos ventiladores de acordo com as normas internacionais”, completa.

Mesmo durante o confinamento, o ICNAS manteve-se aberto, pois, segundo o diretor, “produz fármacos essenciais para os hospitais portugueses e é o único sítio que realiza determinados exames avançados para o Sistema Nacional de Saúde”. Em adaptação à pandemia, contudo, alguns dos laboratórios e atividades foram convertidos “para dar uma resposta rápida a um problema que nos afeta a todos”, nomeadamente para o teste de ventiladores e também para a sua construção, em colaboração com outras entidades. 

Segundo Antero Abrunhosa, o contexto pandémico “levantou novos desafios à comunidade científica”, e a testagem de ventiladores era um deles. No entanto, o laboratório está pronto e a aguardar ventiladores que precisem de ser testados e “o equipamento pode ser utilizado para outros projetos”, o que, segundo o diretor, revela “uma excelente capacidade de adaptação”. Desta forma, a instalação está à disposição não só da UC, mas “de todo o sistema científico nacional”, destaca.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top