All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Académica vence Cova da Piedade por 2-1 com penálti nos últimos minutos

Cátia Beato

Equipa da casa mantém liderança na Segunda Liga em jogo marcado por equipa adversária com postura defensiva. Cova da Piedade conseguiu ganhar terreno no segundo tempo, mas perdeu no minuto 92. Texto por Ana Haeitmann e fotografias por Cátia Beato

Neste sábado, a Académica jogou contra o Cova da Piedade no Estádio Cidade de Coimbra, na 20° jornada da Segunda Liga. Depois de um primeiro tempo com maior posse de bola dos estudantes e nenhum golo, o jogo foi decidido por um penálti nos descontos do segundo tempo, o que consolidou a liderança para a Académica. Em comparação com o último jogo frente ao Estoril, a Académica apresentou uma alteração no onze inicial, que foi a inclusão de Diogo Pereira no lugar do castigado Ricardo Dias. 

Nos primeiros 45 minutos, o Cova da Piedade esteve mais na defensiva, mas manteve a sua rede inviolada. Apesar da Académica ter tido maior controlo na primeira parte, só teve duas chances reais de perigo por Guima ao minuto 19 e por Bruno Teles aos 43 minutos. A primeira parte foi também marcada por muitas faltas e paragens durante o tempo de jogo.

No segundo tempo, as duas equipas dividiram a posse de bola de forma mais igualitária e acabaram por fazer três golos. A primeira grande oportunidade de golo surge aos 49 minutos por Alex Freitas. Os estudantes responderam por Traquina, João Mário e Chaby logo a seguir, mas sem conseguir obter o desejado golo. Ao minuto 58 a equipa visitante dispôs ainda de outra chance flagrante após um canto que quase resultava em golo. 

O primeiro golo foi alcançado por Guima aos 67 minutos de fora de área, numa recarga depois de um alívio da defesa adversária. O golo foi seguido de novo remate de Chaby e alterações na equipa da briosa. Apesar da expulsão de João Meira aos 79 minutos, o Cova da Piedade consegue recuperar terreno e João Vieira marca o golo do empate aos 84 minutos. Ao minuto 89, a Académica obtém um penálti a seu favor, o qual é cobrado por Fabinho nos descontos e garante a vantagem dos estudantes no jogo. 

 De acordo com o treinador do Cova da Piedade, Mário Nunes, o maior objetivo da equipa no campeonato é a manutenção. Em relação ao jogo, o técnico admitiu que no “final do dia o que contam são os golos” e lamentou que estes tenham ido para o lado da Académica.

Já Rui Borges, enfatiza o mérito dos estudantes, que, sublinha, não ganharam “por sorte”. Segundo o treinador da Académica, é indiferente que a equipa tenha ganho nos descontos, pois haver “maior ou menor dificuldade é irrelevante, o que importa é vencer”.

O próximo desafio da equipa conimbricense é em casa do Feirense, no próximo dia 22 de fevereiro, a contar para a 21º jornada da Segunda Liga.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top