All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Conselho de Veteranos desaprova notícias recentes sobre a Praxe Coimbrã

Arquivo

MCV distancia Praxe de Coimbra de práticas existentes noutras partes do país. Gozo do Caloiro em risco caso ocorra novo surto de Covid-19. Por Maria Salvador

O Conselho de Veteranos da Universidade de Coimbra – Magnum Concilium Veteranorum (MCV) divulgou um comunicado de imprensa no qual condena a forma como a Praxe Académica na Universidade de Coimbra tem sido representada pelos órgãos de comunicação social.

Considerando que se propaga a ideia de uma Praxe Coimbrã “opressiva e de humilhação”, através do recurso a imagens que a associam a práticas existentes noutras Academias do país, o Conselho de Veteranos assume a falta de indiferença. “Temos de condenar quando se tenta importar uma imagem com a qual não nos revemos e que não é verdadeira”, pode ler-se. Esclarece ainda que “na Universidade de Coimbra (UC) a Praxe proíbe expressamente qualquer abuso físico e psicológico”.

Na tentativa de corrigir a informação partilhada nas mais recentes manchetes sobre o tema, o MCV assume-se como “a entidade oficial e única responsável pela regulamentação sobre a Praxe Académica de Coimbra”. Desta forma desmente qualquer acordo com a Reitoria da UC sobre o modo de funcionamento da mesma.

No mesmo comunicado, o Conselho de Veteranos revela o plano interno no qual estão presentes as condições de segurança a ser aplicadas ao exercício da praxe no próximo ano letivo. Para além de informar sobre o seu caráter não definitivo, esclarece sobre a alteração das atividades habituais da semana de Receção ao Caloiro. De forma a cumprir as normas impostas pela DGS, o uso de máscara passa a ser obrigatório e o contacto físico e ajuntamento de grandes grupos está proibido. Além disso, o MCV garante que a praxe em Coimbra vai decorrer em sintonia com o evoluir da pandemia e, no caso de um novo surto de Covid-19, “o Gozo do Caloiro será imediatamente suspenso”.

Com o objetivo de “manter a ligação à cidade e o exercício de partilha de conhecimentos e experiências”, o Conselho de Veteranos descarta a ideia de suspender a praxe que “não se limita ao mero Gozo do Caloiro”. O uso da Capa e Batina, o uso das insígnias e outras atividades tradicionais que não coloquem em risco a saúde pública serão mantidas respeitando as regras de segurança.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top