All for Joomla All for Webmasters
Cidade

Coi(mbra)sitas de fim de semana | 7 e 8 de março

Hugo Guímaro

Programação cultural de Coimbra vai ser intensa para amantes de literatura, música e teatro. Conheça a agenda de 7 e 8 de março. Por Jade Sanglard

O primeiro fim de semana do mês em Coimbra vai ser repleto de atividades destinadas a toda a família. ‘Workshops’, circuitos literários e espetáculos de dança e música fazem parte da agenda conimbricense.

7 DE MARÇO

A programação de sábado começa cedo para os pais e criança. Joana Carvalho, terapeuta de fala, vai ministrar, às 9h30, o ‘workshop’ “O Impacto das Tecnologias no Desenvolvimento Infantil”. O evento organizado pelo Capacitar – Psicologia, Desenvolvimento e Família – vai ter lugar no Centro Comercial Primavera. Quem for, vai descobrir mais acerca das consequências do uso tecnológico excessivo pelos pequenitos.

Em celebração dos 34 anos da Rádio Universidade de Coimbra (UC), o Teatro Académico Gil Vicente vai ser palco de um concerto dividido em três atos. O espetáculo, integrado na 22.ª Semana Cultural da UC, vai contar com a apresentação dos grupos Conferência Inferno, Hangloser e Kara Konchar. A sessão musical, que tem o custo de cinco euros, vai ter início às 21h30.

“Tudo é ousado para quem nada se atreve” é a citação de Fernando Pessoa que serviu de inspiração para a atuação de música e dança que vai ter lugar no Centro Cultural D. Dinis, às 21h30. O espetáculo, organizado pela Casa do Pessoal da UC, será centrado nas tradições de antanho da cidade de Coimbra nos finais do século XIX e início do século XX.

8 DE MARÇO

A manhã de domingo vai ter um alegre início para as crianças da cidade. O espetáculo “Brites Josefa Beatriz Sofia”, inspirado na vida de quatro mulheres portuguesas, propõe atividades que visam estimular diversas habilidades de desenvolvimento dos mais pequenos. A peça vai ter lugar na Casa da Esquina e tem o custo de três euros.

Para os amantes da literatura, as manhãs de sábado e domingo também vão ser animadas. O escritor Alexandre Valinho Gigas, a partir das 10 horas, vai conduzir os participantes do evento pelas ruas da cidade que estão ligadas a diversos escritores portugueses, desde a Sé Nova até ao rio Mondego. Pelo caminho, vão ser feitas leituras dos textos que remetem a estes espaços urbanos.

A cidade não se vai ausentar das manifestações que vão decorrer a nível mundial no Dia da Mulher neste domingo. A Greve Feminista Internacional em Coimbra vai partir da Praça da República, às 16 horas, sob o mote “Vivas, Livres e Unidas”. Nesta ocasião, mulheres vão unir-se em defesa dos seus direitos, contra o preconceito, a violência e a desigualdade.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top