All for Joomla All for Webmasters
Ciência & Tecnologia

Bot Olympics leva robótica a miúdos e graúdos na sexta edição

Fotografia cedida pelo NEEEC/AAC

O Bot Olympics conta com o Selo Portugal INCoDe 2030, que destaca eventos do foro educativo. Bot Kids estende faixa etária e promete colmatar procura. Por Tomás Barros

O Bot Olympics vai decorrer nos dias 13, 14 e 15 no Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (DEEC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e nos dias 15 e 16 na praça central do Alma Shopping. O evento é coorganizado pelo Núcleo de Estudantes de Engenharia Eletrotécnica de Computadores da Associação Académica de Coimbra (NEEEC/AAC) e pelo Clube de Robótica da Universidade de Coimbra (CR/UC).

Nas palavras do coordenador da 6ª edição do evento, Marco Silva, a iniciativa surgiu para que os estudantes do DEEC pudessem “conjugar e aplicar os conhecimentos teóricos de forma mais prática e apelativa”. De acordo com o responsável, o projeto foi expandido para receber também alunos dos ensinos secundário e básico.

A novidade deste ano centra-se na criação do Bot Kids, programa paralelo ao Bot Olympics e concebido para a faixa etária mais jovem. Segundo Marco Silva, embora as provas já incluíssem alunos do ensino básico, “muitas crianças mais novas demonstravam-se interessadas em participar no evento”. Agora, crianças desde os 12 anos de idade “podem experimentar os robôs e participar em algumas exposições de robótica”, acrescenta.

No dia 16 vão decorrer no Alma Shopping três provas para apurar os vencedores das três categorias em concurso: uma para Ensino Básico, outra para o Ensino Secundário e a terceira para o Ensino Superior. Esta última consiste numa série de obstáculos que um robô bombeiro tem de ultrapassar, com o objetivo de apagar uma vela no final do percurso. Um júri avalia depois as performances e dita os respetivos vencedores. O coordenador do evento adianta que os galardoados vão poder não só ganhar bilhetes para festivais, mas também prémios dedicados à robótica, como ‘kits’ de eletrónica.

O Bot Olympics conta com o Selo Portugal INCoDe 2030, que distingue uma série de eventos dentro do âmbito educacional. Marco Silva ressalva que “o projeto tem sido bem recebido, desde os mais novos aos mais graúdos, e que este selo é atribuído aos eventos que conseguem levar a tecnologia às pessoas de todas as faixas etárias”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top