All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Distância entre secções e núcleos, carne de vaca e resumo QF’18 em discussão na primeira Assembleia Magna do ano

CF aprova relatório de contas da QF’18 por haver dívidas para com secções. Presidente da DG/AAC criticado por representar os estudantes sem os consultar. Por André Crujo e Isabel Pinto

Foi com o relatório de contas da Queima das Fitas 2018 (QF’18) e a sua aprovação que se abriu a Assembleia Magna desta segunda-feira, dia 30 de setembro. O Auditório da Unidade Central do Pólo III albergou 250 pessoas, quórum mínimo para que seja possível qualquer votação.

O presidente do Conselho Fiscal (CF), Francisco Costa, revela que o parecer positivo dado ao relatório de contas não foi despreocupado. “O relatório não cumpre nem um ponto estatutário”, condena. Segundo o presidente do CF, os motivos da decisão foram o rigor contabilístico do relatório e “o facto de as estruturas da Associação Académica de Coimbra (AAC) estarem à espera de fundos há mais de um ano”, completa Francisco Costa.

Como maneira de contestar as ações da Direção-Geral da AAC (DG/AAC), o presidente da secção de Fado, Emanuel Nogueira, pegou no tema da abolição da carne de vaca nas cantinas. Este afirma que “não pode ser dito à comunicação social que os estudantes apoiam a decisão do reitor sem que a sua opinião seja dada em Assembleia Magna”.

Em entrevista, o presidente da DG/AAC, Daniel Azenha, revela não considerar que a comunidade estudantil se sinta mal representada e afirma que “não devemos ter medo de assumir o que achamos”. Acrescenta ainda que não considerou necessário convocar uma Assembleia Magna para discutir o assunto. Apesar de o tema ter sido levantado no auditório, Daniela Azenha não aproveitou a oportunidade para conhecer a opinião dos estudantes.

Emanuel Nogueira trouxe também ao púlpito a acusação de que os núcleos não fazem o suficiente pelas secções. Enquanto partes integrantes da AAC, a função destes é aproximar os estudantes da associação e fazer a ligação entre esta e as faculdades onde atuam. O presidente do Núcleo de Estudantes de Informática da AAC, Cesário Silva, responde que a falha é também das secções que devem procurar aproximar-se dos núcleos.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top