All for Joomla All for Webmasters
Cultura

Festa das Latas ’19 já tem cartaz completo

Pedro Emauz Silva

Artistas dos dias de parque têm a missão de atrair “um público mais jovem”. Consciencialização ambiental como um dos pontos fundamentais da festa. Por Pedro Emauz Silva

A Sala 17 de Abril contou apenas com as três primeiras filas de lugares preenchidas no momento em que o presidente da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra (DG/AAC), Daniel Azenha, se sentou diante dos jornalistas. Acompanhado pelos restantes membros da DG/AAC, foi de bom ânimo que desvendou o cartaz oficial para a Festa das Latas e Imposição das Insígnias.

Deejay Telio, Piruka e Ana Malhoa são os nomes que mais se destacam naquele que é um cartaz a pensar no “público mais jovem”, explica Daniel Azenha. “É uma oportunidade para esta festa se ligar também com os estudantes do secundário, por exemplo”, aponta. Para além disso, o presidente da DG/AAC realça o acordo chegado com os grupos académicos para que estes atuem pelas 23h30, em resposta às críticas das atuações se realizarem demasiado cedo.

Durante a organização da Festa das Latas, um dos pontos estruturantes referido por Daniel Azenha foi o aspecto cívico, em especial a consciencialização dos estudantes para a pegada ecológica. A AAC elaborou dois concursos: o primeiro consiste no envio de um vídeo a apelar para a sustentabilidade ambiental; o segundo requer a construção de carros com materiais reutilizáveis. O vencedor em ambos os desafios vão ser premiados com um bilhete geral. Em aspetos práticos, serão mantidos os copos reutilizáveis dentro do recinto, algo que “seria um passo atrás se não existisse este ano”, nas palavras de Daniel Azenha. “É claro que estas medidas não suficientes para salvar o planeta, mas há a capacidade de dar o primeiro passo e consciencializar a comunidade”, sublinha.

Numa tentativa de combater as elevadas quantidades de lixo deixadas durante o cortejo da Festa das Latas, Daniel Azenha afirma reutilizar os métodos dos anos passados de delimitar a passagem dos carrinhos de compras, para que estes não atrevessem o rio, como a limpeza imediata das ruas. No entanto, frisa que a condicionante de maior peso está presente na mentalidade dos próprios estudantes.

O administrador da DG/AAC, João Gonçalo Lopes, explicou ainda que o Sarau Académico, que se inicia às 16h do dia 11, terá dois possíveis locais de realização: ou nos Jardins da AAC, caso o clima o permita, ou no Parque da Canção, como de habitual. Afirmou ainda que o bilhete geral, disponível apenas aos estudantes da Universidade de Coimbra, custa 25 euros. Os preços dos bilhetes pontuais variam entre 5 a 8 euros (preço de estudante) e 7 a 10 euros (preço não estudante).

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top