All for Joomla All for Webmasters
Desporto

[Taça da Liga] Académica vs Farense – os estudantes, um a um

Quatro épocas depois, voltamos a ter a Briosa na 2ª eliminatória da Taça da Liga. O primeiro jogo oficial da época trouxe o segundo Um a um com uma vertente musical. Para além disso, João Pimentel pôde ver um guarda-redes sujeito a receita médica e um jogador que sobressai tecnicamente. Fotografias por Inês Duarte

Tiago Pereira – 7

Do jovem guardião, emprestado pelo Sporting de Braga, sobressalta a tranquilidade e a qualidade do seu jogo de pés. Acabou por dar uma de herói da noite ao defender dois penáltis e ao garantir, assim, a passagem da equipa à 2ª eliminatória. Mas, nem tudo é positivo, a sua serenidade pode causar aceleração cardíaca e levar a um insuficiente funcionamento da artéria aorta dos adeptos. Guarda-redes sujeito a receita médica.

Mike – 4

Já dizia Israel Houghton na sua canção “I will search”:

‘I will search for you

And I will find you

I will find you with all my heart

I will lift my hands to you in worship

And I will worship with all my heart’.

Zé Castro – 5

A determinada altura, parecia o David Luiz a avançar no terreno com bola. Parecia.

Silvério – 5

Só não lhe dou mais porque o seu berro fugiu um pouco do tom. Mas sem dúvida que pode vir a ser o grito da época.

Mauro – 4

O seu desacerto com o eixo da defesa deu em golo do adversário. Será algo a melhorar.

Reko – 7

Continua a mostrar que esta época está mais durinho, o que é bom na II Liga. E hoje, se não fosse o seu golo do empate, não havia penáltis para ninguém. É por isso que já me faltam as palavras. Portanto, para continuar com a nossa veia musical, deixo aqui estes versos da música de F. R. David:

‘Words don’t come easy to me

How can I find a way to make you see I love you

Words don’t come easy

Words don’t come easy to me

This is the only way for me to say I love you

Words don’t come easy’.

Leandro Silva – 5

Ainda se viu pouco do Leandro que deixou saudades em Coimbra. Mas, parece estar a carburar, aos poucos.

Barnes – 6

De época para época, continuamos com extremos rápidos. A grande diferença e melhoria é que este passa a bola.

Ki – 5

A meio da sua partida mais do que apagada, lembrei-me: o sul-coreano já cumpriu o serviço militar obrigatório?

Chaby – 7

Parece-me o jogador mais tecnicamente dotado desta equipa. Raramente joga mal, apesar de ter tido uma quebra de rendimento na segunda parte. Quero ver mais, sinceramente.

Hugo Almeida – 5

Não arranjem alguém para a vossa vida que fique tão desiludido convosco quando fazem asneiras, como o Hugo fica com os seus colegas.

Dany – 6

Dany ou Daniel Costa, conforme os gostos, veio agitar com o jogo, quando a equipa buscava o empate. Estaremos aqui para ver se o jovem avançado vai vai começar a ser uma aposta regular de César Peixoto.

André Claro e Teles – 3

César Peixoto – 6

No geral, o desempenho é positivo pois conseguiu algo que já não acontecia desde a época 2015/2016. E, para já, está a cumprir com a sua palavra, pois nota-se que a preocupação da equipa passa por trocar a bola e pelo jogo atacante. Falta, talvez, um maior entrosamento da equipa e um maior acerto na finalização, o que ainda não é muito preocupante devido à altura muito prematura da época.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top