All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Várias premiações abrem boas perspetivas de futuro ao Judo da AAC

Samuel Santos

Segundo o presidente, vive-se um grande momento na secção. Judoca da academia conquista bronze na Alemanha. Por Pedro Teixeira Silva

No passado fim de semana, a Secção de Judo da Associação Académica de Coimbra (SJ/AAC) arrecadou várias medalhas em diversos escalões. O presidente da secção de judo, Filipe Rosa, afirma que “a secção é um exemplo de como se deve trabalhar dentro da AAC”. Catarina Costa, judoca da secção, conquistou a medalha de bronze no Grand Slam de Dusseldorf. A atleta mostrou-se feliz com a conquista e considera que teve “uma ‘performance’ quase perfeita”.

A SJ/AAC tem arrecadado várias medalhas em todos os escalões quer a nível nacional quer a nível internacional. Catarina Costa realça que, “embora não tendo os mesmos recursos financeiros que outros clubes, somos dos melhores a nível nacional”. A opinião do presidente vai ao encontro da da atleta, que acredita ser “uma das melhores escolas de judo do país”.

A diversidade de atletas da secção é cada vez maior. “Trabalha-se com cadetes, juniores, seniores, veteranos, invisuais e atletas com outro tipo de deficiências”, destaca Filipe Rosa. A secção mostra-se como referência não só para os atletas e futuros atletas, mas também “para os pais. Há atletas que conjugam muito bem a faculdade com o judo”, realça o presidente da secção.

A atleta Catarina Costa tem como objetivo “alcançar os jogos Olímpicos” e Filipe Rosa não tem dúvidas que “se não acontecer nada de grave, a Catarina vai estar em Tóquio 2020”. A judoca sente-se confiante e preparada para as próximas competições.  “Há motivação acrescida para este ano conquistar mais uma medalha internacional”, depois de o ter conseguido no último ano, conclui.

O presente momento da SJ/AAC “é o melhor que já existiu a todos os níveis”, afirma o presidente da secção. O trabalho desenvolvido tem sido uma colaboração entre vários membros da secção com o objetivo de chegar o mais longe possível. “Se correr como tem corrido até agora, vão-se alcançar excelentes resultados”, concluiu Filipe Rosa.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top