All for Joomla All for Webmasters
Cultura

Ouvir de novo os anos 80

Fotografia gentilmente cedida pela TAUC

Atuação vai ser intercalada entre a orquestra e o ‘ensemble’ de ‘jazz’. Carlos Paião, GNR e Zeca Afonso são alguns dos artistas a ser interpretados. Por Beatriz Furtado

Regressar aos anos 80 da música portuguesa pelas mãos da Tuna Académica da Universidade de Coimbra (TAUC) é o que se propõe ao público. “Playback: Em Viagem pelos Anos 80” é o nome do concerto cujos protagonistas são a orquestra e o ‘ensemble’de ‘jazz’ da TAUC. A viagem no tempo está marcada para terça-feira, dia 19 de março, pelas 21h30 no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV).

O concerto vai ser “uma viagem pela música portuguesa que se fez nos anos 80”. É assim que o presidente da direção da TAUC, Paulo Lopes, descreve o que se pode esperar do espetáculo. Em estágios iniciais a ideia começou por ser “Caminhar pela música portuguesa”, abandonada por considerarem ser “abrangente demais”. O presidente conta que se focaram depois na década de 80, “porque tem estado nas tendências”.

A orquestra e o ‘ensemble’ vão estar ambos em palco durante todo o concerto, sendo as suas atuações intercaladas. Segundo Paulo Lopes, a orquestra vai interpretar músicas de Carlos Paião, dos GNR e dos Xutos e Pontapés e também um pouco de música tradicional portuguesa. Em contraste, o ‘ensemble’ pretende “simular um grupo de baile dos anos 80 vestidos a rigor” e irá focar-se em “música mais ligeira”.

O presidente da TAUC conta que, para além dos artistas já mencionados, o reportório vai incluir um ‘medley’ só de Carlos Paião e uma homenagem a Zeca Afonso. Este último, com especial significado por ter “passado pela tuna e por outros grupos académicos da casa”. Os espectadores podem contar com “uma variedade de géneros musicais, desde o ‘pop’ ao ‘rock’ e com passagem pelas baladas de Coimbra”.

Fogem, portanto, ao registo habitual da orquestra, que “costuma interpretar música tradicional portuguesa, mas que nos últimos tempos tem investido mais na música popular”, explica Paulo Lopes. “Tentamos adaptar o concerto ao público, mas às vezes este também precisa de ouvir coisas novas e fugir um pouco à rotina”, acrescenta.

A TAUC espera ter “uma casa bem composta” e apela às pessoas que “gostam de música da década de 80 e de ouvir uma orquestra a tocar”. O concerto faz parte da Semana Cultural da UC, a decorrer até 12 de abril.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top