All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Nota positiva dos estudantes alimenta o sonho da Primeira Liga

Rita Fernandes, Diana Ramos, João M. Mareco

Hugo Almeida marca o único golo da partida. Académica recorda o legado de forma a construir o futuro. Por Rita Fernandes, João M. Mareco e Diana Ramos

O jogo da vigésima sexta jornada da Segunda Liga, entre a Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (AAC/OAF) e a equipa B do Sporting Clube de Braga, ficou marcado por uma grande intensidade. Até à data do jogo os estudantes encontravam-se a quatro pontos dos lugares de promoção à Liga NOS, enquanto os guerreiros do Minho lutavam pela permanência na Ledman LigaPRO.

A convocatória contou com algumas surpresas, entre elas, o guarda-redes Peçanha ficou na bancada. Hugo Almeida esteve entre os titulares e a sua polivalência foi notada durante a partida. O camisola 9 da AAC/OAF oscilou o seu posicionamento entre o ataque e a linha defensiva, na tentativa de recuperar a bola e, através de passes longos, tentou colocá-la em Jonathan Toro.

Na primeira parte, a equipa do Minho manteve-se fechada no meio campo defensivo. A construção das jogadas de ataque ocorreram maioritariamente pelas alas, na esperança de cruzar o esférico para o ponta de lança, Makouta. Perante a elevada pressão realizada pelos estudantes, a formação bracarense insistiu em invadir o terreno adversário, colocando a bola nas costas da defesa. Jean Ribeiro, Dias e companhia mantiveram-se coesos e escaparam a estas armadilhas, recuperando a posse de bola.

Durante o intervalo a direção da Académica aproveitou para homenagear o Doutor Vítor Campos. A Mancha Negra prestou o seu tributo, durante os primeiros minutos de jogo, à figura ilustre da casa, da academia e da vida em Coimbra. A tarja exibida pela claque lembrou o “Homem, Médico, Atleta… Referência”.

Após o intervalo, a postura do Braga B foi de maior agressividade. Exemplo disso foi o remate perigoso de Denisson, agarrado por Ricardo Moura. Na sequência do lance, o esférico chegou a Hugo Almeida optou por passar para Romário Baldé, que se encontrava na ala direita. Desmarcado na zona de tiro, o “Alma Grande” finalizou com um remate rasteiro, fazendo assim o único tento da partida.

Nos minutos procedentes ao golo, os jogadores de ambas as equipas aumentaram a intensidade, e o jogo ficou partido. Por um lado, a Académica procurava sair em contra-ataque, pelo outro os minhotos procuravam exercer uma pressão alta.

À passagem do minuto do 69, numa situação de contra-ataque, a equipa do Braga aproveitou a abertura defensiva dos estudantes. O guardião da Académica saiu da baliza e dois atletas ocuparam a linha final, com o objetivo de evitar possíveis ameaças. Contudo, o remate passou por cima da trave.

Até ao apito final, a formação forasteira aumentou a pressão no meio campo ofensivo. João Dias e Jean Felipe deram o corpo ao manifesto e evitaram males maiores para a baliza de Ricardo Moura. A Académica saiu vitoriosa, pela terceira vez consecutiva no campeonato.

Na conferência de imprensa, o treinador dos arsenalistas, mostrou insatisfação com o resultado e considerou que a Académica não foi uma justa vencedora. Rui Santos enalteceu a qualidade do seu plantel, porém admite que a média de idade dos seus jogadores influenciou o desfecho do jogo.

Por sua vez, João Alves confirmou a superioridade dos seus pupilos, intitulando o triunfo como merecido. O técnico da Briosa destacou o controlo da equipa sobre o jogo e elogiou a sua linha defensiva. Por fim, ressalvou a crescente coerência da Académica enquanto coletivo, dependendo cada vez menos individualidades.

Seguem-se duas semanas de paragem no campeonato, para compromissos de seleções. Os estudantes deslocam-se a Arouca no dia 31 de março. A próxima partida no Estádio Municipal de Coimbra vai ser realizado a 7 de abril, contra o FC Porto B.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top