All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Conselho Geral debate linhas de orientação do Plano Estratégico 2020/2024

Cristina Pinilla Carrasco

Conferências promovidas pelo CG também foram alvo de discussão. Encontro contou com a presença do reitor da Universidade de Coimbra. Por Maria Monteiro

A primeira reunião plenária do Conselho Geral após a eleição do novo reitor, Amílcar Falcão, contou com a presença do mesmo e realizou-se no passado dia 25. Os pontos discutidos voltaram-se para um balanço geral das várias atividades promovidas pelo Conselho Geral (CG) da Universidade de Coimbra (UC) e a apresentação das linhas de orientação do Plano Estratégico 2020/2024.

As últimas conferências promovidas pelo CG foram “Empregabilidade dos Licenciados, Mestres e Doutores pela Universidade de Coimbra”, “Ensino Superior: Governo e Organização” e “UC 2030 – Uma perspetiva estudantil quanto ao futuro da UC”, esta última em parceria com a Associação Académica de Coimbra. João Caraça, presidente do CG, afirma que “os temas são relevantes não apenas para o funcionamento atual da Universidade de Coimbra, mas também para o futuro da instituição”.

O ponto essencial da última reunião para João Caraça foi “a análise preliminar das linhas de orientação do Plano Estratégico 2020/2024”. Visto que o plano que vigora termina em 2019, a discussão “das grandes linhas, do enquadramento, do contexto, dos constrangimentos e da necessidade de financiamento” é essencial para garantir a consistência do plano a implementar, segundo o presidente do CG.

A presença do reitor no encontro foi alvo de elogio por parte de Rafael Duarte, representante dos estudantes de 1º e 2º ciclo no Conselho Geral. “Sentimos que as nossas ideias e opiniões são bem recebidas, há espaço para discussão e exposição das dúvidas daquilo que são as funções do reitor e o Plano Estratégico da UC”, reitera o representante.

Na opinião de Rafael Duarte, a atribuição de maior responsabilidade aos estudantes concretizou-se através do pedido da elaboração de um documento com propostas cuja discussão tem em vista a sua integração no Plano Estratégico 2020/2024. “É importante que um reitor tenha a consciência que os estudantes são os principais interessados no bem e futuro da universidade”, declara o estudante.

Apesar disso, Rafael Duarte estima que “o plano estratégico só será aprovado, na melhor das hipóteses, na próxima reunião plenária do CG”. João Caraça explica que as grandes linhas do plano só vão ser aprovadas pelo Conselho Geral após discussão no final deste ano.

O Conselho Geral é um dos três órgãos de governo da UC, além da Reitoria e do Conselho de Gestão. É composto por 35 elementos, entre eles professores e investigadores, alunos, funcionários e personalidades externas.

Com Luís Almeida

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top