All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Conselho Fiscal, Comissão Disciplinar e Órgãos Intermédios renovam-se

Diogo Machado

Confiança depositada nos novos membros eleitos e satisfação naqueles que cessam funções marca nova era. Vice-reitor afirma que “a universidade está aberta para diálogo com estudantes”. Por Júlia Fernandes e Diogo Machado

Decorreu hoje, no Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), a cerimónia de tomada de posse do Conselho Fiscal, Comissão Disciplinar e Órgãos Intermédios da Associação Académica de Coimbra (AAC). O evento teve início às 18h30 no qual foram anunciados os novos membros.

Após a apresentação dos membros constituintes dos três conselhos, Mariana Farinha, no seu primeiro discurso enquanto presidente eleita da Comissão Disciplinar da AAC (CD/AAC), ressalva a história centenária da intituição e refere que a “Académica se inventou e reinventou ao longo dos anos e deve continuar a crescer”. A atual presidente da CD/AAC relembra a trajetória da casa marcada por “glórias e erros”. Estes últimos “devem servir como lição e não podem ser esquecidos”, sublinha.

Jorge Graça, presidente cessante do CF/AAC, despede-se satisfeito com o seu mandato. “Muito foi feito durante este ano”, reitera. Relembra o anterior presidente do CF/AAC, Eric Jorge, ao deixar uma palavra de estima e apoio ao antigo colega. Por fim, afirma que o mandato foi um tempo de “fazer das palavras, atos, das adversidades, oportunidades e das ideias, realidades”.

De seguida, deu-se a tomada de posse do novo presidente do CF/AAC, Francisco Costa, que aponta a importância do CF/AAC na amenização de todos os fatores. Também Francisco Costa relembra e agradece a Jorge Graça e admite continuar a “prezar pela excelência, independentemente do custo pessoal que acarreta”. Ressalva a necessidade da cooperação entre CF/AAC e CD/AAC que, apesar de terem funções diferentes, “partilham do objetivo de rigor e transparência”, acrescenta.

O atual presidente da Direção-Geral da AAC (DG/AAC), Daniel Azenha, e o presidente da Mesa da Assembleia Magna, João Bento, agradeceram o trabalho “excecional” de Jorge Graça. “Apanhou uma casa desorganizada que não estava habituada a regras e mudou-a para melhor”, justifica o presidente da DG/AAC.

No encerramento da cerimónia, o vice-reitor Luís Neves manifestou “total disponibilidade da reitoria para o diálogo”. Durante os oito anos como diretor da FCTUC, refere não ter visto interesse dos estudantes na sua representação. Reconhece a importância destes órgãos para a “gestão da qualidade pedagógica da instituição”. Ao concluir a sua intervenção, reiterou que todos “podem contar com a Universidade”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top