All for Joomla All for Webmasters
Cidade

‘PROLIFE’ estabelece pontes entre a segurança e o bem estar ambiental

Gentilmente cedida pela FCTUC

Parceria internacional pretende requalificar infraestruturas em estado de degradação. Iniciativa com a participação da FCTUC financiada pelo fundo mais antigo da União Europeia. Por João M. Mareco e Maria Salvador

‘PROLIFE’ (Prolonging Life Time of Old Steel and Steel- Concrete bridges) é um projeto internacional cujo objetivo é desenvolver metodologias que permitam prolongar a vida de pontes metálicas antigas e em estado de degradação. Esta iniciativa está inserida num consórcio global composto por investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e da Luleå University of Technology, na Suécia. Cinco empresas das áreas de projeto de estruturas e de produção de aço completam esta pareceria.

O projeto iniciado há três anos terminou em 2018. Durante este período foram realizados vários estudos laboratoriais nas diferentes pontes. As conclusões retiradas permitiram aos investigadores obter informações relativas às “metodologias utilizadas para fazer o seu reforço e o prolongamento da sua vida útil”, explica o coordenador da equipa e professor da FCTUC, Carlos Bento.

Um destes estudos consistiu em verificar a capacidade de resistência dos materiais à fadiga. Isto é, com a passagem de veículos nas pontes acumulam-se vibrações que com o tempo resultam em danos nos materiais. Este é um problema que se associa à desatualização do aço utilizado “há 100 anos” e que em nada se compara com o atual. “Ocorrem assim, problemas de fadiga e resistência nas pontes, que resultam no envelhecimento progressivo destas infraestruturas, acrescenta Carlos Bento.

Em Coimbra este projeto foi aplicado à requalificação da ponte da Portela, na zona de Santo António dos Olivais. Segundo o professor da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra, muitas pontes encontram-se enquadradas no património paisagístico, o que impede a sua demolição. Desta forma, a intervenção é a solução mais vantajosa a nível económico e ambiental.

Ponte da Portela (gentilmente cedida pela FCTUC)

A participação nos trabalhos de alunos de doutoramento e mestrado integrado de Engenharia Civil e de mestrado de Construção Metálica Mista, apresentou, na opinião do coordenador do projeto, “resultados uteis para o projeto e para os próprios alunos”. O professor da FCTUC ressalva que todos os projetos realizados pelo Departamento de Engenharia Civil tiveram em conta a preocupação com a “avaliação do impacto ambiental”.

O financiamento do ‘PROLIFE’ ficou a cabo do Research Fund for Coal and Steel, fundo europeu que se dedica a custear as áreas de investigação referente ao carvão e aço.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top