All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Francisco Costa é o novo presidente do Conselho Fiscal da AAC

José Miguel Couceiro

Processo eleitoral marcado por fraca adesão às urnas. Presidente da Comissão Eleitoral aponta falta de delegados como maior problema. Por Luís Almeida

A Lista M – O Momento Seguinte, encabeçada por Francisco Costa, venceu as eleições do primeiro contingente para o Conselho Fiscal da Associação Académica de Coimbra (CF/AAC). A lista vencedora conseguiu ocupar todos os lugares exceto um, que fica para a Lista I – Integridade e Transparência na Defesa da AAC, liderada por Margarida Ribeiro. De acordo com os dados divulgados no site da AAC, a taxa de abstenção no primeiro contingente foi de 93,91 por cento. No segundo contingente, esta fixou-se nos 99,33 por cento.

O presidente da Comissão Eleitoral, João Bento, adiantou em conferência de imprensa que o ato eleitoral decorreu sem grandes problemas e que não houve votos por envelope. Em relação às secções de voto, João Bento lamentou a falta de elementos de ambas as listas em todas as urnas. Isto levou a uma “maior carga de trabalho para os delegados”, explica.

O maior problema prendeu-se com o Regulamento Geral de Proteção de Dados da Universidade de Coimbra, que atrasou a recolha de dados para elaboração dos cadernos eleitorais. Deste modo, não houve possibilidade de queixas quanto aos mesmos. O presidente da Comissão Eleitoral revela que registou apenas duas queixas do processo, que têm que ver com a necessidade de, no primeiro contingente, se apresentar o cartão de estudante ou o certificado de multiusos em conjunto com o cartão de cidadão.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top