All for Joomla All for Webmasters
Ciência & Tecnologia

FCTUC desenvolve ferramenta de Realidade Virtual para a indústria

Fotografia gentilmente pela FCTUC

Universidade de Coimbra (UC) desenvolve sistema único de programação de robôs. Destacada a necessidade de aplicar o conhecimento adquirido na prática. Por Carolina d’Oliveria

Equipa da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra (FCTUC) desenvolve ferramenta para integrar a Realidade Virtual na programação de robôs industriais. Esta equipa, constituída por Norberto Pires, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da FCTUC, e dois alunos de mestrado de Engenharia Mecânica, João Neves e Diogo Serrario, conta com a parceria de investigadores alemães da empresa DOLL Engineering. Norberto Pires revela que o trabalho começou a ser desenvolvido no final do ano 2017.

O sistema permite “projetar imagens digitais sobre a imagem real e de seguida, com a ajuda de um software, permite que o utilizador projete trajetórias que pretende que o robô cumpra sobre a peça real”, explica o professor da FCTUC. Acrescenta que esta ferramenta “é uma mistura entre a realidade e a projeção virtual, usando hologramas, designada de realidade mista.”

Segundo Norberto Pires, com a tecnologia criada não haverá necessidade de “envolvimento de uma vasta equipa especializada no robô.” Afirma que a pessoa que conhece o processo “pode programar o robô sem ter conhecimento sobre a linhagem de programação, porque esta é visual”.

O professor da FCTUC realça a singularidade da ferramenta sendo que não foi encontrado  “nada comparado com o trabalho, nem uma realização”. Considera que, por isso, este trabalho se distingue em todos os aspetos.

Norberto Pires considera este projeto essencial para mudar a “imagem” da UC, afirmando que esta é “muito centrada no desenvolvimento do conhecimento e menos na aplicação desse à realidade”. “Este tipo de coisas prova a capacidade da UC de gerar um produto que tem uma aplicação prática”, acrescenta. João Neves, um dos estudantes envolvidos no projeto, partilha da mesma opinião. “É um bom ponto de partida para algo que pode crescer bastante”, considera.

O professor do Departamento de Engenharia Mecânica da FCTUC destaca a participação dos estudantes neste tipo de projetos. “É importante reconhecer que aquilo que desenvolvem é aplicado na indústria pois, para além da sua excelência em termos de conhecimentos científicos, técnicos e teóricos, é-lhes reconhecida uma valência de aplicação prática”, lembra. João Neves realça a importância deste trabalho, que “cria um grande potencial” na sua carreira.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top