Cultura

Mondeguinas organizam o XXV Canto da Sereia

Micaela Santos

Festival conta com quatro tunas do continente e ilhas. Grupo académico pretende alargar a sua visibilidade. Por Raquel Bem e Ana Lage

O XXV Canto da Sereia, organizado pelas Mondeguinas – Tuna Feminina da Universidade de Coimbra, vai realizar-se nos dias 2 e 3 de novembro. O festival começa na sexta-feira com a noite de serenatas, no café Santa Cruz, e termina no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV), no sábado.

Em concurso vão participar As FANS – Tuna Feminina da Universidade de Coimbra, a Egitúnica – Tuna Feminina do Instituto Politécnico da Guarda, a Tufes – Tuna Feminina Scalabitana de Santarém e a Tuna D’Elas – Tuna Feminina da Universidade da Madeira. Inês Ladeiro, membro da comissão organizadora do XXV Canto da Sereia, revela que “houve uma maior preocupação na escolha de grupos, que marcam não só pela sua qualidade musical, mas também pelo espírito e ambiente que causam”.

O primeiro dia do festival, de entrada gratuita, vai contar com a participação da TMUC – Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra e do grupo de fados Capas ao Luar. A noite de serenatas vai ter um convívio no Rugby Club após as atuações.

O segundo e último dia terá como palco o TAGV. Para além dos quatro grupos académicos participantes, conta com a presença d’A FAN-Farra Académica de Coimbra e da Big Band Rags da Tuna Académica da Universidade de Coimbra. No final, a noite encerra com outro convívio, desta vez na Cantina dos Grelhados.

Na Festa das Latas e Imposição das Insígnias de 2018, as Mondeguinas protestaram as condições do evento ao não atuarem no mesmo. Com este festival, pretendem alargar a visibilidade do grupo académico e afirmam ter “recebido um bom acolhimento por parte das pessoas”, revela Inês Ladeiro.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top