Cultura

Sétima arte francesa tem semana em Coimbra pela 19ª vez

Lívia Stamato

Iniciativa exibe dez filmes antestreias. Organizadora apela por maior participação de jovens. Por Júlia Fernandes e Lívia Stamato

Nesta terça-feira, dia 16, tem início a 19ª Festa do Cinema Francês em Coimbra, no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV). O festival prolonga-se até 21 de outubro. Conta ainda com a presença na inauguração do ator português Nuno Lopes, um dos protagonistas no filme de estreia, Le Vent Tourne. Vão ser reproduzidos dez filmes, antestreias no país, durante a tarde e noite.

A cidade de Coimbra participa na Festa do Cinema Francês desde a sua primeira edição e tem se mostrado fiel à arte francesa. O diretor do TAGV, Fernando Matos Oliveira, afirma que o projeto é o que atrai mais público ao teatro durante o ano.

Segundo uma das organizadoras do evento e professora da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e da Alliance Française, Cristina Robalo, Coimbra tem sido sempre “a segunda cidade a cativar um maior público”. A docente declara também que a cidade “tem acolhido ao longo dos anos entre 3.000 e 5.000 pessoas”.

A professora, por fim, faz um apelo. “Seria bom que houvesse mais estudantes da universidade e que a massa estudantil se mobilizasse para vir ao cinema ver um bom cinema francês”. O festival vai contar com filmes de temas quotidianos, que abrangem questões direcionadas a todo o tipo de público. Um dos exemplos de assuntos abordados é a adversidade no mundo jovem. A programação conta também com duas animações focadas no público escolar. São sessões que ocorrem pela tarde, abertas a todo o público e gratuitas apenas para escolas.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top