All for Joomla All for Webmasters
Cidade

Seis dias de “Encontros Mágicos” em Coimbra

Unir todas as classes sociais através da magia está no foco do evento. Organização oferece espetáculo desenhado para invisuais e para quem quiser prescindir da visão para ter outra experiência. Por Jéssica Gonçalves

Coimbra recebe pela 22ª vez o festival “Encontros Mágicos” na terceira semana de setembro. De 18 a 23 deste mês, a magia espalha-se pela cidade através de vários espetáculos de rua, aulas de magia, apresentações solidárias no Hospital Pediátrico, no Instituto Português de Oncologia ou no Estabelecimento Prisional de Coimbra.

A magia viaja a partir dos quatro cantos do mundo para se reunir no município. O evento foi apresentado ontem no Salão Nobre do Município de Coimbra. A sessão foi conduzida pela vereadora da Cultura e do Turismo, Carina Gomes, e por Luís de Matos, mágico e membro da organização. A iniciativa resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Coimbra e a Luís de Matos Produções Lda.

Carina Gomes considera que este evento “é um dos mais relevantes momentos culturais do calendário da programação cultural da cidade”. Acrescenta ainda que este faz parte da história e da tradição de Coimbra.

“É uma manifestação cultural que envolve todos os estratos da sociedade, seja qual for o seu estatuto económico ou social” disse Luís de Matos. Segundo este, a magia tem “uma linguagem transversal e universal que permite juntar pessoas de todas as origens”. O facto de o evento reunir mágicos de 13 nacionalidades diferentes acaba por provar a existência da diversidade cultural enunciada por Luís de Matos.

O espetáculo protagonizado por Juan Esteban Varela, “Magia na Escuridão”, é um dos principais focos do evento por ser dedicado a pessoas invisuais, o que não quer dizer que o público em geral não possa participar. A organização oferece a possibilidade de usufruir desta experiência ao utilizar uma venda para viver a magia de uma forma diferente. Na edição anterior do festival, esta iniciativa foi de sucesso. No entanto, a oferta dada pela organização não foi suficiente para cobrir a procura, o que motivou a repetição do espetáculo.

“A cada edição há sempre um novo objetivo: fazer o melhor possível, para que no próximo ano seja evidente para a Câmara Municipal não prescindir deste evento”, declarou Luís de Matos. Quanto à adesão por parte do público, as expectativas são elevadas. “Dado à qualidade dos mágicos, da produção, dos recursos investidos, todas as edições superam a anterior, por isso vai correr bem”, garante a vereadora Carina Gomes.

Carina Gomes e Luís de Matos na sessão de apresentação do “Encontros Mágicos”

Fotografias: Jéssica Gonçalves

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top