All for Joomla All for Webmasters
Cidade

Mostra de Espantalhos invade Parque Manuel Braga

Figuras do imaginário rural português chegam à cidade de Coimbra. Construção de espantalhos funciona como terapia para idosos. Por Maria Francisca Romão

Figuras de pano e palha vão dar as boas-vindas a quem, amanhã, dia 29 de setembro, visitar o Parque Manuel Braga. O espaço vai pintar-se com as cores dos muitos retalhos que vestem os bonecos da 15ª Exposição de Espantalhos, organizada pela Câmara Municipal de Coimbra.

“Esta zona da cidade vai encher-se destes bonecos que nunca envelhecem e estão sempre presentes no imaginário rural português”, antecipa a diretora técnica da Associação Nacional de Apoio ao Idoso (ANAI), Sónia Vinagre. Explica ainda que a ANAI já participa há três anos nesta iniciativa e que, desta vez, “vai contribuir com dois espantalhos e muitos espantalhinhos”. Mas a instituição não está sozinha, já que são muitas as entidades que também aceitaram integrar a 15ª Exposição de Espantalhos.

Sónia Vinagre salienta o facto de os espantalhos serem feito pelos idosos e de os lucros resultantes da sua venda reverterem para a ANAI. “As gerações mais velhas reagem sempre bem a projetos como este”, declara. No entanto, destaca o empenho registado em torno desta mostra de espantalhos. “Foi notório um maior dinamismo e uma maior entrega por parte dos idosos, talvez por se tratar de uma iniciativa com maior visibilidade”, relata a diretora. Recorda ainda o espírito vivido durante as sessões de trabalhos manuais: “havia um brio especial em construir um boneco bonito e engraçado”.

Entre tecidos, colas e pincéis, não são só os espantalhos a ganhar forma nas mãos dos utentes da ANAI. Também presépios natalícios e esculturas de estudantes, feitas durante a Queima das Fitas, ocupam os tempos livres dos mais velhos. “O envolvimento dos idosos é uma forma de estarem ativos e de se sentirem úteis”, refere Sónia Vinagre. Conclui que estas atividades funcionam quase como uma terapia, fazendo com que os espantalhos não sejam os únicos a não envelhecer.

Fotografia: Miguel Mesquita Montes

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top