Ensino Superior

Conselho Geral anuncia ciclo de conferências acerca do RJIES

UC é a primeira instituição pública a alargar FAS para doutorandos. Orçamento para 2019 indica subfinanciamento das IES. Por Jéssica Gonçalves e Ana Rita Teles

Na passada segunda-feira, dia 24 de setembro, realizou-se a primeira reunião do Conselho Geral da Universidade de Coimbra (CGUC) do presente ano letivo, na Reitoria da UC. Em cima da mesa estiveram vários temas ligados à academia e foi ainda anunciado o ciclo de conferências de análise e balanço do Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior (RJIES).

Este ciclo de conferências foi anunciado pelo presidente do CGUC, João Caraça. Vai realizar-se no dia 12 de outubro, no anfiteatro Paulo Quintela, uma sessão sobre este tema com convidados nacionais e internacionais. A governação, os modelos de governo e os modelos alternativos “constituem os principais focos desse debate”, explica Ernesto Costa.

A reunião também contou com a retificação do orçamento para o ano de 2019. “É uma peça fundamental para o funcionamento da instituição”, defende o representante dos docentes e investigadores no CGUC, Ernesto Costa. Segundo o mesmo, continua a existir “subfinanciamento crónico, que penaliza as universidades públicas”.

O alargamento do Fundo de Apoio Social ao terceiro ciclo é “uma conquista histórica por ser a primeira universidade pública a implementar uma medida social deste género”, afirma o representante dos estudantes do terceiro ciclo no CGUC, Luís Bento Rodrigues.

De seguida foram apresentadas, por parte da diretora do Museu de Ciência da UC, Carlota Simões, as condições acerca da segurança do museu e alguns aspetos a corrigir em relação ao seu funcionamento. Além disso, foi realçada a necessidade de haver uma reflexão “calma e serena sobre os problemas apresentados, bem como um alargamento da discussão a outros aspetos da universidade”, referiu Ernesto Costa.

O Plano Estratégico 2015/2019 foi alvo de monitorização de modo a verificar o que correu bem e o que necessita de ser revisto. Por último, foi apresentado o relatório das atividades do Provedor do Estudante.

De acordo com Luís Bento Rodrigues, o CGUC “tem levado a cabo algumas iniciativas para aproximar este órgão da comunidade”. Acrescentou ainda que no próximo mês vai ser emitido um documento que torna públicas as conclusões do evento UC2030.

Fotografia: Hugo Guímaro

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top