All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Hugo Almeida apresentado em noite de festa a preto e branco

O ex-jogador do Hajduk Split, da Croácia, foi a surpresa da noite mas o treinador principal dos sub-23, Dário Monteiro, recebeu o carinho dos adeptos. A aposta na formação e a subida à primeira divisão são objetivos futuros. Por Isabel Simões

No discurso de apresentação da equipa para a época 2018/2019, o presidente da Associação Académica de Coimbra/Organismo Autónomo de Futebol (AAC/OAF), Pedro Roxo, anunciou “várias surpresas”. Ao minuto 74 da noite de segunda-feira, dia 16, no Jardim da Sereia, o ponta de lança Hugo Almeida compareceu perante os sócios da Académica como o novo reforço para o ataque às balizas adversárias.

Aos apresentadores da iniciativa, Tiago Almeida e Catarina Camacho, o novo reforço contou “estar cansado de estar fora de Portugal” e que a Académica lhe “deu todo o apoio” para a tomada de decisão. Aos sócios prometeu “dar o máximo para ajudar a Briosa a subir à primeira divisão”. Hajduk Split, da Croácia, foi o último clube onde o novo reforço passou. Como disse, estava fora de Portugal “há 16 anos”.

Hugo Almeida, o novo reforço da equipa da Académica, atrás do médio Ricardo Dias

Antes, o treinador da equipa principal, Carlos Pinto, já tinha afirmado que a Académica continua “no mercado”, apesar de “a parte financeira não acompanhar a grandeza do clube”. Prometeu ainda escolher com critério jogadores “acima de tudo com caráter”. As surpresas da noite começaram no alinhamento da apresentação com as equipas de sub-19 e de sub-23 a subirem ao palco do Jardim da Sereia. O treinador principal de sub-23, Dário Monteiro, recebeu o aplauso mais sentido dos adeptos que não esquecem os 75 golos em 163 jogos efetuados pela Briosa.

“Ninguém nos pode proibir de sonhar”

Pedro Roxo anunciou a participação da recém criada equipa de sub-23 na competição no novo campeonato da modalidade criado pela Federação Portuguesa de Futebol e reforçou a continuidade da aposta “no futebol de formação”. O presidente da AAC/OAF revelou que o “plantel principal vai ser encurtado de forma significativa” para que seja “sustentado e alimentado pelos sub-23 e pelos juniores”.

Aos sócios, Pedro Roxo agradeceu a liderança “de forma destacada no ‘ranking’ de assistências da segunda liga” e a subida ao top 8 de todos os clubes portugueses com mais espetadores nos estádios. Ao longo da temporada de 2017/2018, 91 250 adeptos estiveram no Estádio Cidade de Coimbra para assistir aos jogos da Académica. O presidente da AAC/OAF acredita que a próxima época “vai ser mais um ano difícil”, com muitas equipas a desejarem a subida de divisão, mas mantém a fé. “Ninguém nos pode proibir de sonhar”, disse.

O presidente da AAC/OAF, Pedro Roxo

A cerimónia começou com a apresentação dos novos equipamentos pelo grupo de dança Rpdancers de Póvoa de Varzim. A festa de apresentação do plantel da Académica para a época 2018/2019 começou com uma atuação do grupo Fado Hilário. Manuel Portugal, guitarrista e elemento do grupo, fez questão de dizer que aprendeu em casa “que a Canção de Coimbra e a Académica são a mesma coisa”. No final, foi ao som do cântico da Mancha Negra “Nossa Briosa” que os adeptos foram convidados a confraternizar com os jogadores.

Esta terça-feira, a partir das 21 horas, no Estádio Cidade de Coimbra, a Briosa recebe o O Clube de Futebol “Os Belenenses” no Torneio Crédito Agrícola. Pedro Roxo pediu casa cheia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotografias: Isabel Simões 

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top