Desporto

Académica perdeu e troféu seguiu de novo para Tondela

A partida foi decidida nas grandes penalidades. Ivo Vieira ainda espera mais reforços para o seu plantel. Por João Pimentel

Ontem à noite jogou-se, no Estádio EFAPEL Cidade de Coimbra, a partida de apresentação da equipa da Associação Académica de Coimbra-Organismo Autónomo de Futebol (AAC-OAF), para a época 2017-2018. O jogo foi disputado contra o Clube Desportivo de Tondela e contou para a III edição do Troféu Crédito Agrícola. O ano passado, a II edição, foi conquistada, precisamente, pela equipa tondelense. Os estudantes realizaram, assim, o sexto encontro amigável. Nas cinco partidas anteriores, a equipa registou três empates e duas derrotas.

A Briosa apresentou-se com quatro reforços iniciais. Desde logo, na baliza, os estudantes entraram com Guilherme. Empis começou a defesa-esquerdo. A médio-defensivo alinhou Guima. Por fim, Mike, fez a ala-direita da defensiva da Académica.

A primeira oportunidade digna de registo pertenceu aos estudantes. Aos 7 minutos, através de livre direto, Teles enviou a bola à malha lateral da baliza defendida pelo guarda-redes do Tondela, Cláudio Ramos. Também de livre direto a equipa visitante criou perigo. Ao minuto 13, Pedro Nuno, ex-jogador da Briosa, rematou a bola pouco ao lado da baliza. O jogo seguiu sem grande velocidade e com escassas jogadas de perigo. Até que, à passagem da meia hora de jogo, o segundo remate por parte da Académica deu golo. O sul-coreano Ki recebeu a bola no ar, à entrada de área, e disparou um remate que passou por cima do guarda-redes do Tondela e acabou no fundo das redes. Fica na retina a boa execução do número 8 da Briosa. Estava feito o um a zero na partida. Já a acabar a primeira metade, após cruzamento do lado esquerdo do ataque da equipa tondelense, Boyd cabeceia a bola pouco por cima da baliza defendida por Guilherme.

A partida chegou, assim, ao intervalo com o resultado de um a zero, favorável à Briosa.

Ao intervalo entraram, na equipa da Académica, Ricardo Ribeiro, Brendon, João Simões e Diogo Ribeiro. Saíram Guilherme, João Real, Mike e Tozé Marreco.

Foi a equipa do Tondela que criou a primeira jogada de algum perigo na segunda parte. Joca passou por dois defesas da Académica e rematou à baliza, mas Ricardo Ribeiro estava atento e defendeu sem problemas.

Se a primeira parte já tinha sido jogada a um ritmo lento e com poucas ideias, a segunda parte reforçou esse aspeto. As duas equipas falharam muitos passes e a bola, muitas vezes, acabava nos pés do adversário. Ainda assim, o Tondela chegou à igualdade ao minuto 85. Através de um livre à entrada da área da Briosa, Murilo fez passar a bola por cima da barreira e o esférico só parou dentro da baliza. O marcador marcava agora um a um e faltavam cinco minutos para o final da partida.

O jogo chegou ao fim sem mais nenhuma oportunidade de golo com o resultado manteve-se inalterado. O jogo seguiu, assim, para desempate através de grandes penalidades. A equipa da Académica não conseguiu converter duas grandes penalidades, enquanto o Tondela só não converteu uma. O Tondela venceu, deste modo, o desempate por 4-5 e conquistou, pela segunda vez consecutiva, o troféu Crédito Agrícola.

Em tempo de conferência de imprensa, o treinador da Académica, Ivo Vieira, fez um agradecimento aos adeptos, pela presença dos mesmos na apresentação dos equipamentos que decorreu no dia 17, à noite, no Jardim da Sereia. Em relação ao desempenho da sua equipa, afirmou que “nem tudo está assimilado”. Porém, afiançou que os seus jogadores “conseguiram transferir para o jogo o que fazem durante a semana” e destacou o comportamento dos atletas. Quanto ao início da nova época, Ivo Vieira reconheceu que a equipa “tem que estar preparada para o primeiro jogo”. Por fim, quando questionado sobre possíveis mexidas no plantel, admitiu que a Académica ainda pode “receber mais um jogador ou outro. Provavelmente, um central, um 8 e, quase de certeza, um extremo”. Ainda assim, revelou estar “satisfeito com os jogadores que estão à disposição”.

Fotografias: Hugo Guímaro

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top