All for Joomla All for Webmasters
Desporto

Académica regressa aos triunfos frente ao Sp. Covilhã

Golos de Rui Miguel e Tom Tavares garantiram os três pontos. Costinha considera que a equipa tem de melhorar o rendimento fora de Coimbra para sonhar com o acesso à primeira liga. Por Daniela Pinto e Pedro Silva

A Académica e o Sporting da Covilhã entraram em campo para fechar as “contas” da 27ª jornada da Ledman LigaPro. Os estudantes vinham de uma derrota frente ao União da Madeira e conseguiram esta noite uma vitória importante na perseguição aos lugares de subida de divisão, ao vencerem o os covilhanenses por duas bolas a zero. Com esta vitória, a Briosa reduziu para nove pontos a distância para o segundo lugar da competição.

O jogo arrancou a um ritmo lento com as duas equipas a dividir a posse de bola e sem conseguirem criar grandes oportunidades de golo, com exceção de dois remates fora de área da equipa da Académica por parte de Leandro e Rui Miguel.

Foi mesmo o ponta de lança da equipa da casa que inaugurou o marcador, depois de um livre de Leandro. O médio enganou a defensiva covilhanense, ao bater um livre à maneira curta, para o interior da área, onde estava Kaká. O brasileiro cruzou para o interior da área, onde Rui Miguel, depois de alguma confusão, ganhou espaço, e já no chão, encostou para a baliza. Estava, assim, feito o primeiro golo do encontro, à passagem da meia hora de jogo.

A Académica ganhou confiança e continuou a pressionar a equipa adversária, mesmo depois do golo, o que possibilitou mais espaço para contra-ataques da equipa do Sporting da Covilhã. O melhor exemplo disso foi uma jogada bem desenhada pela equipa visitante, que resultou num bom remate de Medarious ao canto inferior esquerdo da baliza de Ricardo Ribeiro, ao qual o guarda-redes respondeu com uma grande defesa.

Aos 41 minutos, o jogo mudou por completo de figura. Sambinha, que já tinha visto o cartão amarelo, entrou de carrinho, fora de tempo, aos pés de Pedro Correia, o que originou uma entrada violenta. O defesa central forasteiro viu o segundo amarelo e consequente ordem de expulsão. A equipa da casa tentou resolver o jogo antes do intervalo e pressionou o Sporting da Covilhã nos últimos minutos da primeira parte, porém o jogo foi para intervalo com um a zero no marcador. Acabava, assim, uma primeira parte sem grande espetáculo e com poucas oportunidades de golo para ambas as formações.

A redução a dez jogadores da equipa “serrana” não estaria nos planos do treinador, Filipe Gouveia. Porém, a equipa do distrito de Castelo Branco começou a segunda parte a pressionar. Aproveitaram uma desconcentração da defesa da Académica para criar perigo a partir de um remate de Chaby, que apareceu sozinho num frente-a-frente com Ricardo Ribeiro. O avançado acabou por atirar por cima da baliza.

A Académica acabou por matar o jogo aos 80 minutos. A plateia, com cerca de 1500 espectadores, vibrou quando Traquina levantou a bola em direção à área, onde Tom Tavares se antecipou a Igor Rodrigues para assegurar os três pontos. O jogo manteve-se lento e com poucas oportunidades, o que levou a que o resultado final se estabelecesse em dois a zero.

Findo o tempo de jogo e já em tempo de conferência de imprensa, o treinador da Académica, Costinha, mostrou-se satisfeito com a vitória e destaca a importância do triunfo. “Hoje não podíamos falhar, fomos corajosos, corremos atrás do prejuízo depois do jogo na Madeira, contra uma boa equipa”, afirmou o técnico dos estudantes. Revelou, ainda, que  vê como “positiva a redução da distancia em relação ao Desportivo das Aves”, mas afirma que uma possível subida de divisão dependerá de um aumento de rendimento nos jogos fora. Por seu lado, Filipe Gouveia, que defrontou a sua ex-equipa, lamentou o facto de os estudantes estarem na segunda divisão e desejou que a equipa “volte à primeira divisão e se junte aos grandes”. Quanto ao jogo, destacou “o espírito de sacrifício da sua equipa”, uma vez que, horas antes do encontro, “a Liga [de Futebol Profissional] proibiu dois jogadores de disputar a partida”.

Fotografias: João Pimentel

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top