Ciência & Tecnologia

Liga Portuguesa Contra o Cancro alerta para os excessos da quadra

Estudantes voluntários promovem a saúde e as boas práticas na comunidade educativa. Sedentarismo e estilos de vida menos saudáveis são alvo de preocupação. Por Ricardo Silva

Decorreu hoje, 14 de dezembro, a campanha Natal Saudável do projeto des.LIGA promovida por estudantes voluntários. Edifício Polo I da Universidade de Coimbra (UC), Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da UC, Faculdade de Farmácia da UC e Escola Superior de Enfermagem de Coimbra foram os locais escolhidos para a ação de sensibilização. Com o objetivo de consciencializar outros estudantes, os voluntários deste projeto distribuíram “kits de Natal” e realizaram questionários. Alertar os estudantes para “o perigo do cancro” é a principal meta desta iniciativa. Os estudantes voluntários do projeto alertam a comunidade educativa para a “prevenção e a adoção de uma vida saudável”, explica Graça Azevedo, membro da Direção do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

A ainda corresponsável do Pelouro de Formação e Educação para a Saúde da LPCC defende que a mudança dos hábitos passa por se “desligar de práticas não saudáveis” como “tabaco, alimentação não saudável e outras formas de excessos não proveitosas”. O des.LIGA apela a mudança de hábitos apontando o que não deve ser feito. Graça Azevedo, relembra também alguns mitos presentes na vida estudantil como a “obrigatoriedade de consumir álcool para uma noite divertida”, referindo também que “as noites normalmente são muito longas”, o que contribui para um estilo de vida pouco saudável.

As horas que os estudantes passam “sentados, ou a estudar, ou ao computador” contribuem para um “aumento do sedentarismo”, um dos fatores de risco para o cancro, adianta a corresponsável do Pelouro de Formação e Educação para a Saúde da LPCC. Invoca ainda que “os estudantes devem ter em atenção a prática de exercício físico” pois é uma das formas de se manterem ativos e, por consequência, reduzirem o risco de contrair a doença.

A iniciativa teve em conta a época festiva que se aproxima e distribuiu “kits de Natal” que contam com “conselhos e dicas saudáveis”. Nestes, também existem “duas receitas elaboradas pela Unidade de Nutrição e Dietética do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e uma mensagem do Pai Natal”, elucida

O Núcleo Regional do Centro da LPCC aposta na “valorização da educação e na prevenção da doença”, pois considera que esta é a melhor opção para promover a saúde e as boas práticas, esclarece Graça Azevedo. Considera ainda que, em todos os projetos e atividades, “o calor e a alegria dos jovens é muito importante”, pois “facilitam a comunicação”, ainda mais quando é feito de “igual para igual”, ou seja, de estudante para estudante.

Fotografia: Inês Duarte

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top