All for Joomla All for Webmasters
Ciência & Tecnologia

Universidade de Coimbra celebra a ciência e a tecnologia

“Laboratórios Abertos” e “Cafés de Ciência” são algumas das atividades em destaque durante a Semana da Ciência e da Tecnologia. Por Carolina Cardoso e Cristina Oliveira

Com o objetivo de promover a cultura científica e a interação entre os investigadores e o público, entre os dias 21 de novembro e 2 de dezembro decorre a Semana da Ciência e da Tecnologia 2016. A organização está a cargo da Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, em parceria com o Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), o Instituto de Imagem Biomédica e Ciências da Vida (IBILI) e a Universidade de Coimbra (UC).

“Os Cientistas Regressam às Origens” consiste num conjunto de “conversas informais em locais igualmente informais”, como “cafés e centros culturais das terras de origem dos investigadores”, afirma Sara Amaral, investigadora do CNC. A entrada, para o evento que se denomina “Cafés de Ciência”, é livre e o objetivo é explicar, de uma forma simples, o que é que é feito na academia. Esta iniciativa é dirigida “às comunidades locais”, desde “pessoas da terceira idade a alunos” e até “pessoas que não têm nada a ver com as ciências”, explica.

O público pode contar com dois “Cafés de Ciência”, um dia 28 de novembro, às 18 horas, na Livraria Almedina do Estádio Cidade de Coimbra, que vai contar com a presença das investigadoras Catarina Gomes e Filipa Batista. Este primeiro evento tem como tema “A guerra dos sexos: sem elas, eles nada seriam”. Já no dia 29 de novembro, às 21h30, na Galeria Santa Clara, a tertúlia vai estar a cargo do investigador Paulo Oliveira, com o tema “Como temos energia para viver?”, esclarece a investigadora.

Para além destas atividades, os laboratórios do CNC e do IBILI, assim como o Centro de Inovação em Biotecnologia – Biocant, em Cantanhede, abrem as portas à comunidade escolar. Os “Laboratório Abertos” são “sessões em que as escolas, as universidades seniores e as associações se podem inscrever”. As inscrições são feitas “em grupos de 20 a 30 pessoas” e “os alunos podem ver como funcionam os laboratórios e mexer em alguns dos seus equipamentos”, adianta Sara Amaral. “Podemos viver para sempre?”, “A investigação em obesidade e envelhecimento: o papel das mitocôndrias”, e “Diabetes tipo 2 & doença de Alzheimer: uma questão de género?” são alguns dos temas abordados em Coimbra, segundo a investigadora. Já em Cantanhede, o laboratório vai ser sobre “Energia das Células: vida, morte e doença”, enfatiza. Nesta Semana da Ciência e da Tecnologia ainda vão ocorrer apresentações em “escolas básicas e secundárias do distrito de Coimbra” com o intuito de colocar os mais novos em contacto direto com os laboratórios, conclui. O público interessado ainda se pode inscrever, até ao dia 2 de dezembro, através do ‘website’ do CNC.

Fotografia:Rita Marques

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2019 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top