Ensino Superior

Regulamento para as eleições dos corpos gerentes a votos em Magna

Movimento “Até Quando?” denuncia que a difusão da convocatória para esta AM não ocorreu com pelo menos dois dias de antecedência. MAM/AAC afirma que a divulgação foi feita de acordo com os estatutos. Por Carlos Almeida

Decorre hoje pelas 20 horas, na Cantina dos Grelhados, a Assembleia Magna (AM) que vai tratar da discussão e aprovação do Regulamento Eleitoral para os corpos gerentes da Associação Académica de Coimbra (AAC). O vice-presidente da Mesa da Assembleia Magna da AAC (MAM/AAC), Roberto André afirma que “a MAM/AAC espera não estar a mudar grande coisa, está tudo mais ou menos delineado, mas o regime está aberto a alterações”.  Segue-se a discussão da situação política, momento em que vai ser dada a palavra ao presidente da Direção-Geral da AAC (DG/AAC), José Dias.

Roberto André explica que a AM “vai nomear o próximo presidente para a comissão eleitoral, vai-se falar sobre a proposta que a MAM/AAC tem sobre o próximo Conselho Fiscal da AAC (CF/AAC) e esta está aberta a propostas”. Em relação à demissão do CF/AAC, o vice-presidente da MAM/AAC declara que não vai dar azo para que se fale de um processo que considera já estar resolvido. “Tudo o que está dito já foi dito e tudo o que está escrito já foi escrito” declara. Sobre este assunto o presidente demissionário do CF/AAC, Bernardo Nogueira esclarece que continua “a não haver CF/AAC em funções”, pois todos os seus membros demitiram-se a 21 de julho. De acordo com o vice-presidente da MAM/AAC, o CF/AAC vai ser eleito antes das próximas eleições para os corpos gerentes da AAC.

O movimento estudantil “Até Quando?” alega que a difusão da convocatória para a AM deveria ter sido feita dia 4 de novembro, o que, de acordo com o comunicado do movimento, assinado pelo membro João Pinto Ângelo, não aconteceu.  Rita Viola, também membro, afirma que a difusão deve ser feita dois dias antes da AM ocorrer, segundo os Estatutos da AAC. No entanto, Roberto André defende que, se no decorrer da AM for solicitada alguma explicação, a MAM/AAC “tem provas que o comunicado foi difundido a partir de dia 3” e conclui que “caso sejam pedidos, os papéis vão ser disponibilizados”.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2022 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top