All for Joomla All for Webmasters
Ensino Superior

Seminário promove debate sobre amor e violência nos jovens

Iniciativa pretende alertar jovens para violência no namoro. Segunda edição da ação insere-se no Plano Nacional de Prevenção de Violência Doméstica e de Género. Por Alexandre Gouveia e João Ruivo

“E se a escola do namoro formasse profissionais em violência?” é a questão que lança o debate organizado pelo Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF). A decorrer durante a manhã de dia 16, entre as 9h e as 13h no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra (UC), a sessão é elaborada em parceria com a Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra e com a UC. Foram o desconhecimento e os comportamentos violentos dos jovens que levaram o instituto a organizar a iniciativa, agora na sua segunda edição.

O vice presidente do INMLCF, João Pinheiro, refere que a violência no namoro é um tema pouco abordado entre estudantes. Ainda assim, trata-se de “um fenómeno transversal, que atravessa a fase de namoro na adolescência, onde a violência física e psicológica existe”, explica. Estes comportamentos anormais motivam “violência aparentemente inócua, que evolui para a violência mais grave, através de bofetadas e empurrões”.

A sessão insere-se no V Plano Nacional de Prevenção de Violência Domestica e do Género, com a participação de oradores de diversas faculdades da UC, desde a psicóloga dos Serviços de Ação Social da UC Ana Melo, ao médico legista e docente da Faculdade de Medicina César Santos. Na sessão, vão ser apresentados casos clínicos relacionados com a violência no namoro, mas também um estudo sobre ciberviolência intitulado “Não há longe nem distancia”.

Depois do “sucesso da edição anterior”, e com a colaboração da UC, João Pinheiro espera que o número de presenças aumente este ano. Para isso vai contribuir a presença da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino. Também o certificado de presença “Escola contra a violência”, distribuído pelos participantes, pretende estimular a escolas secundárias a comparecerem na sessão.

M375/0009

Fotografia: DR

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top