All for Joomla All for Webmasters
Cultura

Direitos Humanos: um bem adquirido ou uma questão a debater?

Promover o conhecimento do dia internacional dos direitos humanos e a reflexão sobre o seu significado e importância são alguns dos objetivos da SDDH/AAC na realização destas atividade. Por Rita Flores

“Entender que o dia existe” é o principal objetivo da Secção de Defesa dos Direitos Humanos da Associação da Académica de Coimbra (SDDH/AAC) nas comemorações internacionais dos Direitos Humanos no dia 10 de dezembro, afirma Bárbara Xavier, coordenadora do evento.

A data assinala-se com uma recolha de brinquedos a ser entregues ao Centro de Acolhimento João Paulo II, a construção de um mural onde os estudantes são convidados a escrever aquilo que o tema Direitos Humanos lhes suscita. Ainda se vai realizar uma conferência, organizada em parceria com o Núcleo de Estudantes de Psicologia, Ciências da Educação e Serviço Social da Associação Académica de Coimbra (NEPCESS/AAC) e um concerto com a participação da Desconcertuna, tuna mista da faculdade de Psicologia e da Ciências da Educação, e da banda Iolanda.

Estas comemorações constituem um “marco internacional” do trabalho desenvolvido pela secção ao longo do ano, afirma Isa Filipe, a presidente da secção. Bárbara Xavier reforça a importância de envolver os estudantes de ensino secundário neste tipo de iniciativas uma vez que “quanto mais cedo se começar a falar de direitos humanos e explicar o que são, mais facilmente vão adotar um estilo de vida adequado ao respeito e dignidade pelo outro”.

A SDDH/AAC apresenta duas vertentes principais de atividades: uma formativa no Estabelecimento Prisional de Coimbra e nas escolas básicas e secundárias da Cidade, onde procuram “incutir nos mais jovens esta preocupação para com os direitos humanos”, declara Isa Filipe, e outra de ação e sensibilização com a realização mensal de tertúlias e divulgação de uma newsletter mensal online.

A secção procura “promover a ligação entre a universidade e a comunidade civil” concluiu Isa Filipe.

O concerto solidário realiza-se esta quinta-feira a partir da 21h30 e o custo da entrada corresponde à doação de um brinquedo.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top