All for Joomla All for Webmasters
Ciência & Tecnologia

Cultivação do saber sobre Cromatografia iónica nas comemorações da AEMITEQ

Seminário sobre cromatografia iónica conta com a presença do investigador alemão Joachim Weiss. Por Gonçalo Rebelo Santos

O seminário técnico/científico sobre cromatografia iónica, realizado no âmbito das comemorações dos 25 anos da Associação para a Inovação Tecnológica e Qualidade (AEMITEQ), será marcado pela presença do professor Joachim Weiss, autor de grandes livros de renome mundial. De acordo com o Coordenador Geral da AEMITEQ, Jorge Lourenço, “é um grande guru desta área, porque é o melhor especialista na matéria”. O evento realiza-se durante o dia de amanhã, no Complexo Tecnológico de Coimbra.
As palestras contam ainda com outros nomes como o CEO da Unicam portuguesa, Daniel Ettlin, o professor do Departamento de Física da Universidade de Coimbra, José Paixão, e o professor da Unicam, Jorge Alves, que falará sobre os “problemas de ‘troubleshooting’ em cromatografia iónica”, declara Jorge Lourenço.

A técnica da cromatografia iónica, segundo o Coordenador-Geral da AEMITEQ, “é uma separação por cromatografia numa coluna específica de diversos iões em que se injecta um líquido e os iões durante um determinado tempo ao longo da coluna”. Cada um dos iões retidos vai fazer aparecer um sinal de condutividade que irá corresponder a um ião detetado. Desta forma, a utilidade no mundo atual, conforme Jorge Lourenço, é “olharmos para uma garrafa de água potável e vermos a sua composição iónica, ou seja, os iões que estão prevalentes são analisados pela técnica da cromatografia iónica”.

No entanto, apesar de ser uma técnica já em uso, isso não significa que a cromatografia iónica não se diferencie, pois ocorre uma inovação sempre que “se desenvolvem as colunas, componentes principais destes cromatógrafos, que apresentam níveis mais baixos e precisos quanto à quantificação dos iões”, informa Jorge Lourenço.
O evento aborda ainda “temas de tecnologia de plasma e espectrometria de massa” que, a par com a cromatologia iónica, “serão as temáticas principais”, garante Jorge Lourenço.

Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra

Rua Padre António Vieira, Nº1 - 2ºPiso 3000 Coimbra

239 851 062

Seg a Sex: 14h00 - 18h00

© 2018 Jornal Universitário de Coimbra - A Cabra

To Top